Logo da CBIC

AGÊNCIA CBIC

18/10/2023

Sinapi debateu principais demandas da região Norte nesta quarta-feira (18)

Realizado há 10 anos, o Seminário Técnico de Revisão do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil – Sinapi: Metodologia e Aplicação reuniu especialistas nesta quarta-feira (18), com o intuito de esclarecer as principais dúvidas do sistema e realizar o levantamento das principais demandas de alguns estados da Região Norte, como Pará, Amapá e Tocantins. 

O evento, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), foi intermediado pelo consultor Sinapi da CBIC, Geraldo de Paula, que destacou a importância da participação dos trabalhadores orçamentistas no evento. “São esses profissionais que vão trabalhar em cima do orçamento e gerar novas obras públicas e é a partir do trabalho realizado que serão geradas obras bem contratadas, com preço justo e com um processo correto”, apontou. 

O representante do Sinapi da Caixa Econômica Federal, Mauro Castro, apresentou as metodologias utilizadas pelo banco para o desempenho da tabela Sinapi e esclareceu as demandas recebidas da região Norte, tais como falta de insumos, maior transparência e adequação regional da padronização da ferramenta.

Augusto Oliveira, representante do Sinapi do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), explicou durante o encontro o papel do Instituto e destacou a importância dos seminários realizados pela CBIC. “Estes seminários estão sendo muito efetivos e positivos no entendimento da pesquisa e no papel do IBGE e da Caixa para o sistema, que auxilia na divulgação dos dados da construção civil”, disse.

O diretor do Sinduscon Tocantins, Clerson Reis, apontou a importância da discussão permanente a respeito do Sinapi, tabela que serve como apoio para o setor da construção, e reforçou a necessidade da participação dos profissionais orçamentistas no seminário. Segundo Reis, é preciso dar maior atenção ao principal problema das obras públicas que, segundo ele, está no processo de orçamentação para garantir o menor valor. Reis apontou essa como a causa de grande parte das paralisações das obras, já que as empresas não conseguem concluir.

Ainda participaram do debate o diretor de Habitação e Interesse Social do Sinduscon Pará, Ubirajara Marques; o presidente do  Sinduscon-PA, Fabrizio Gonçalves; o engenheiro Neil Henrique do Sinduscon-PA; e o diretor do Sinduscon Amapá, Roberto Tavares.

Confira o evento na íntegra!  

 

O tema tem interface com o projeto “Melhoria da Competitividade e da Segurança Jurídica para Ampliação de Mercado na Infraestrutura”, da COINFRA/CBIC, em correalização com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

COMPARTILHE!

Julho/2024

Parceiros e Afiliações

Associados

 
Sinduscon-BA
Sinduscon Sul – MT
Ademi – AL
Sinduscon-ES
Sinduscom-SL
Sinduscon-SF
Sinduscon-CE
FENAPC
Sinduscon-TAP
Sinduscon-Mossoró
ADIT Brasil
AELO
 

Clique Aqui e conheça nossos parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 

Parceiros

 
Multiplike
Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea