Logo da CBIC

Agência CBIC

05/04/2012

Setor de materiais fica fora do pacote de bondades

"Cbic"
05/04/2012 :: Edição 292

 

Diário do Nordeste/CE 05/04/2012
 

Setor de materiais fica fora do pacote de bondades

A intenção do setor de materiais de construção era de que já houvesse medidas que incentivassem diretamente o crescimento 

Ausente na lista de medidas de apoio às indústrias divulgadas na última terça-feira pelo governo, o setor de materiais da construção ainda luta por melhorias. O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), Walter Cover, participou de reunião com a presidente Dilma Rousseff, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel além de representantes de outros setores, de anúncio de novas medidas, mas não ouviu novidades para o setor durante o anúncio do pacote de bondades.
 Entretanto, mesmo sem ter sido destacado, o setor ainda busca por melhorias e já aponta pleitos de isenção de IPI, de aceleração de programas habitacionais e de incentivos para o setor, na expectativa de que componham pautas futuras do governo. Cover garantiu que todos os assuntos voltados ao setor da construção serão acompanhados de perto pela Abramat, em reuniões com os Ministérios da Fazenda, MDIC e outros.
 Apesar da ausência de novidades, Walter Cover disse que vislumbra um horizonte otimista. "A reunião foi benéfica, pois mostra que o governo está atento aos setores industriais. Preocupado com os setores, criaram-se conselhos e neles serão discutidas e pleiteadas futuras medidas estimulantes e a Abramat estará presente nessas conversas", alerta .
 A intenção do setor de materiais de construção era de que já houvesse medidas que incentivassem diretamente o crescimento. Isso porque no ano passado o setor iniciou 2011 com uma previsão de crescimento de 9% e chegou ao fim do mesmo ano com apenas 2,5%. "O que nos deixa animados é a posição do governo quanto a Resolução 72, que daria fim a ´Guerra dos Portos´. Para nós é importante essa medida, pois trará maior fiscalização nos portos, competitividade nivelada e segurança comercial", avalia Cover.
 Abramat
 Conforme disse, desde a sua fundação, em abril de 2004, a Abramat acompanha e contribui para o crescimento da construção civil no país, atuando como interlocutora do setor, junto ao Governo e aos demais agentes da cadeia produtiva da construção .
 A entidade conta atualmente com 49 empresas filiadas, que são as líderes na fabricação de materiais de construção dos diversos segmentos. Entre os temas que representam os focos de atuação da entidade estão: a competitividade da indústria, a desoneração fiscal de materiais para construção, a conformidade técnica e fiscal na produção e comercialização dos materiais, a profissionalização da mão-de-obra da construção e a responsabilidade sócio ambiental.
 

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
SECOVI-SP
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
APEOP-PR
SECOVI- PB
APEMEC
Sinduscon-SE
Sinduscon-MT
Sindicopes
Ascomig
Sinduscon-Joinville
APEOP-SP
Sicepot-RS
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X