Logo da CBIC

Agência CBIC

01/08/2012

Norma de Desempenho em consulta pública até setembro: participe da votação!

A Norma de Desempenho (NBR 15.575), em consulta pública nacional pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) até o dia 13 de setembro, é considerada um balizador para avaliação qualitativa (desempenho) das edificações.

É o que defende o engenheiro e diretor do Sinduscon-GO e da Ademi-GO, Renato de Sousa Correa, que participou dos trabalhos de revisão da NBR.

Seis partes da Norma de Desempenho (NBR 15.575), que trata de Edificações Habitacionais – Desempenho estão votação. Os textos, objetos de votação, são: Requisitos Gerais (NBR 15575-1); Sistemas estruturais (NBR 15575-2); Sistemas de pisos (NBR 15575-3); Sistemas de vedações verticais internas e externas (NBR 15575-4); Sistemas de coberturas (NBR 15575-5), e Sistemas hidrossanitários (NBR 15575-6).

Para Renato Correa a norma fornecerá parâmetros técnicos para requisitos importantes, como acústica, transmitância térmica e  durabilidade.

Segundo ele, antes da norma, eles não eram definidos nem possíveis de serem mensurados e comparados a um padrão.

Com a norma, o consumidor poderá gerir a sua edificação por meio da utilização do manual de uso e operações e do procedimento para manutenções em edificações.

“Esses instrumentos estabelecerão como deverão ser feitos e registrados os serviços de manutenção e operação de cada edifício, para que a vida útil do projeto possa ser alcançada.

Outra vantagem para o consumidor está no fato de poder escolher entre produtos de desempenho ‘mínimo’, ‘intermediário’ ou ‘superior’, níveis de qualidade que são definidos pela norma”, ressalta Renato.

Já no que se refere à cadeia produtiva, o engenheiro acredita que a Norma garantirá uma maior profissionalização do setor, em especial o imobiliário.

“Todos os agentes da cadeia, como projetistas, fabricantes, incorporadores/construtores e mantenedores, têm suas responsabilidades estabelecidas e esclarecidas pela Norma. Quando há clareza nos papéis dos agentes de qualquer cadeia, as possibilidades de acerto no processo e produto final aumentam consideravelmente”, diz.

“É cristalino que as edificações brasileiras terão um salto importante de qualidade”, defende. Além disso, segundo Renato Correa, a norma em votação está mais simplificada e contém parâmetros mínimos de exigência mais próximos à realidade do estágio de desenvolvimento tecnológico e da capacidade construtiva instalada. A CBIC ressalta a importância de todos os agentes/profissionais atuantes no setor da construção participarem da votação, que terminará no dia 13 de setembro deste ano.

A consulta está disponível no link http://www.abntonline.com.br/consultanacional/default.aspx.

Clique no link do “ABNT/CB-02 Construção Civil” para ter acesso às seis partes da Norma. Para visualizar e votar, é preciso apenas criar o ABNT Passaporte (nome, CPF, email e senha).

O processo é rápido e simplificado. Clique aqui para acessar o passo a passo para a votação.
 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-AM
Sicepot-RS
AELO
Ademi – PE
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
Sinduscon-BA
Sinduscon-SF
Sinduscon-PB
Aconvap
Sinduscon-RR
Sinduscon-PA
Sinduscon-DF
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X