Logo da CBIC

Agência CBIC

23/11/2012

Maior nível de emprego

"Cbic"
23/11/2012 

Correio Braziliense/BR

 

Maior nível de emprego

O desemprego brasileiro voltou a recuar em outubro, chegando à menor taxa histórica para o 10º mês do ano, ao mesmo tempo em que a renda da população acelerou ligeiramente, indicando que o mercado de trabalho deve continuar a incentivar o consumo no país. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados ontem, o desemprego caiu para 5,3% no mês passado, ante 5,4% em setembro, atingindo o menor nível para outubro desde o início da série histórica, em 2002.
 Com o resultado, a taxa de desemprego permanece perto do recorde de 4,7% registrado em dezembro do ano passado. "De maneira nenhuma pode-se dizer que o mercado de trabalho está parado. Ele é um reflexo da economia: quando está aquecida, contrata mais e, quando não, menos", afirmou o coordenador do levantamento do IBGE, Cimar Azeredo. A redução na taxa de desemprego em outubro foi ancorada por São Paulo, região de maior peso na pesquisa. A taxa paulista baixou de 6,5% para 5,9% no período.
 O IBGE informou ainda que o rendimento médio da população ocupada subiu 0,3% no mês passado ante setembro, e cresceu 4,6% sobre outubro de 2011, atingindo R$ 1.787,70. Em setembro, a variação mensal havia sido positiva em 0,1%. Na média do ano, o rendimento do trabalhador ocupado cresceu 4,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre outubro e setembro, o setor que mais contratou foi o da construção civil, com crescimento de 4,5%.

 

 








"Cbic"

 

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Abrainc
Sinduscon – Norte
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Ademi – AL
Sinduscon-Pelotas
Ademi – MA
Sinduscon-AM
Sinduscon-JF
Sinduscon-MS
Ademi – ES
Sinduscon-MT
Sinduscon-RR
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC