Logo da CBIC

Agência CBIC

30/08/2019

Estação Cerrado: Inovação é alternativa para enfrentar a crise

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) realizou na quinta-feira (29/8) mais uma edição do Estação Cerrado, destacando que a inovação é uma alternativa para enfrentar a crise e desenvolver a região. O evento contou com as palestras de Anderson Alvarenga (DNIT), Ricardo Ferreira (Verko Engenharia) e Wilton Catelani (consultor estratégico em BIM) que detalharam o funcionamento da metodologia, suas vantagens e mostraram os resultados da adoção de BIM em organizações públicas e privadas. As apresentações e o vídeo com as palestras serão oportunamente disponibilizados.

Além da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o evento contou com a seguintes parcerias:

  • Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF (Secti)
  • Secretaria de Obras do DF (SsODF)
  • Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-DF)
  • Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico (Codese-DF)
  • Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap)
  • Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap)
  • Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF)

“A melhoria e otimização dos processos de planejamento e execução de obras por meio da adoção das tecnologias de BIM podem reduzir custos e aumentar receitas em curto espaço de tempo. Pode facilitar, ainda, a vida dos contratantes de obras, em especial do setor público, e não é à toa que, a partir de 2021, a legislação federal exigirá a adoção dessa tecnologia por parte das empresas que buscam contratar com o Estado. Para que isso aconteça, acima de tudo precisamos de profissionais qualificados em grande quantidade. Precisamos incluir os desempregados que, hoje, no DF, são mais de 19%. Temos um longo caminho pela frente, mas estamos avançando aos poucos. A Secti, juntamente com a FAPDF, está lançando um projeto inovador na área de melhoria de processos, inserção de novas tecnologias nas empresas e qualificação tecnológica profissional, tudo isso como estratégia integrada e que será implementada em parceria com as entidades representativas do setor produtivo. Por determinação do nosso governador, Ibaneis Rocha, nós faremos de Brasília a primeira cidade totalmente inteligente do Brasil e da América Latina”, afirmou Gilvan Máximo, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal.

O presidente da FADF, Alexandre Santos, também acredita da inovação como alternativa para enfrentar a crise e transformar a matriz de desenvolvimento do DF e do Brasil. “É muito importante o país ter um modelo de desenvolvimento de alto valor agregado se estamos vivendo um momento de crise nesse país, a solução passa por investir em ciência, tecnologia e inovação e nós estamos aqui na casa de quem mais agrega valor ao PIB do DF que é a casa da construção civil. Então, para a FAPDF fomentar inovação é também e, principalmente, fomentar inovação nessa área. Queremos cada vez mais utilizar os recursos de fomento para o enfrentamento dos grandes desafios do DF. Isso é um grande desejo do governador Ibaneis Rocha e isso significa investir fortemente em tecnologia associada à construção civil. Estamos desenhando uma série de iniciativas de pesquisas, de fomento, laboratórios e equipamentos com recursos da CT&I para qualificar esse nosso ambiente de construção civil. Queremos ter o melhor espaço de produção de inovação na construção do Brasil aqui”, destacou Alexandre Santos.

Izídio Santos Júnior, secretário de Obras do DF, também ressaltou a atuação da FAPDF no desenvolvimento de projetos que buscam a modernização da gestão das obras e construções na capital federal: “nós entendemos que o investimento em tecnologia, em projetos, não é a melhor saída para termos boas obras e contratos, mas sim a única saída. Então buscamos, através da Secti e da FAPDF e desenvolvemos dois projetos, entre eles um para inspeção de pontes e viadutos. Nós avançamos muito e estamos buscando dotar a cidade de profissionais com capacidade técnica para realizar esse trabalho. O segundo projeto muito importante é o BIM que entendemos que a implantação dele de forma integrada no governo é essencial e contamos com a expertise da FAPDF para avançar nessa implementação”.

Já o vice-presidente da Área de Inovação da CBIC e presidente do Sinduscon-DF, Dionysio Klavdianos, enfatizou a importância da parceria com a FAPDF para efetivar projetos que tragam melhorias dos processos de trabalho e da prestação de serviços: “estamos muito felizes em trabalhar em parceria com todos esses órgãos e instituições e de estar debatendo a metodologia BIM que tem demonstrado todo o seu potencial nos nossos processos de trabalho. Devemos também todos trabalhar para o investimento cada vez mais efetivo dos recursos da FAPDF”.

A vice-presidente da FAPDF falou sobre a atuação da Fundação voltada para ampliar e qualificar o diálogo entre os diversos setores da sociedade e afirmou que o Estação Cerrado e o desenvolvimento dos projetos em parceria com os diversos órgãos e entidades envolvidos no evento são a comprovação do sucesso da atuação em parceria. “Desde o início temos como objetivo promover essa triangulação entre academia, governo e setor produtivo e temos levado isso muito a sério. Esse evento é uma marca, porque até então temos dialogado muito com o setor acadêmico e hoje trazemos o setor produtivo para essa conversa e é muito importante porque o BIM será obrigatório a partir de 2021 e nós queremos todos os agentes interagindo e deixando tudo muito bem alinhado para essa nova fase”, concluiu Elisabete Lopes.

Benefícios do uso da ferramenta BIM

Quem já utiliza a metodologia BIM não esconde as funcionalidades e melhorias que a ferramenta proporciona. “Nós estamos implementando o BIM por completo. Facilita muito nosso trabalho dentro dos projetos, porque conseguimos nos comunicar efetivamente entre as diversas áreas e, assim, reduzimos ruídos”, destaca o servidor do DER-DF, Filipe Berbert Miranda.

Entre outras funcionalidades, BIM permite trabalho simultâneo e integrado entre todos os profissionais envolvidos em um projeto e em todas as fases da obra, facilita a tomada de decisões, permite aplicação de técnicas de realidade virtual para visualização completa das construções, além de proporcionar redução de desperdícios e erros, correção de rumos e elevar a transparência nos processos de licitação, aquisição, construção e manutenção de obras e edificações.

O diretor da Novacap afirmou que a instituição tem obrigação de se adequar à nova metodologia e que já conta com profissionais trabalhando no projeto de implantação. “Eu acredito que todos os países do mundo que fizeram investimento na educação, na ciência e no desenvolvimento conseguiram alcançar patamar de primeiro mundo e o Brasil está caminhando nesse sentido. O governador Ibaneis fez grandes investimentos nessa área e certamente vamos todos fazer o dever de casa e caminhar para esse desenvolvimento. Garantimos que a Novacap vai se integrar totalmente a esse novo modelo, estamos com as portas abertas e juntos vamos construir um novo futuro para Brasília.

Para o diretor de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação da Biotic S.A., subsidiária da Terracap responsável pelo projeto de implantação do Parque Tecnológico de Brasília também ratificou o potencial da metodologia BIM para garantir a qualidade e a sustentabilidade das obras públicas. “O Biotic é um projeto de desenvolvimento imobiliário que tem como cerne a inovação e a inovação na construção civil, não só do ponto de vista arquitetônico e construtivo, mas também de seu planejamento e acreditamos que o BIM é fundamental. O governo enquanto indutor desse processo deve observar o uso do protocolo em todas as obras”, declarou Leonardo Reisman.

(Com informações da FADF)

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-DF
Ademi – AL
APEMEC
Sinduscon-Mossoró
Sinduscon-PA
Sinduscon Sul – MT
Sinduscon PR – Noroete
Sinduscon-BNU
Sindicopes
Sinduscon-TO
Ademi – PR
Sinduscon – Grande Florianópolis
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X