Logo da CBIC

Agência CBIC

18/11/2010

Início do PAC 2 será ótimo para os aliados

CBIC Clipping

18/11/2010 :: Edição 001

Jornal DCI On line   |   18/11/2010

 

Início do PAC 2 será ótimo para os aliados

TRANSIÇÃO

 Governadores que apoiaram a eleição de Dilma receberão volume considerável de recursos do Programa de Aceleração de Crescimento

 ALANA RIZZO

 O Ministério das Cidades anunciou as primeiras obras da segunda edição do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2) que serão executadas no governo da presidente eleita, Dilma Rousseff. Portaria publicada ontem no Diário Oficial da União mostra que R$ 11,8 bilhões do Orçamento Geral da União de 2011 já estão comprometidos com 1.258 projetos em todo o país. Outros R$ 5,4 bilhões serão arrecadados por meio de financiamento. Na primeira etapa, serão liberados recursos para urbanização, saneamento, drenagem e contenção de encostas em 477 cidades que representam 60% da população brasileira. Aliados na sucessão presidencial foram privilegiados com parte da verba.

 O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), recém-reeleito, terá, no mínimo, R$ 1,4 bilhão no próximo ano. O peemedebista tornouse um dos principais cabos eleitorais da petista, ganhando inclusive uma "cota" para sugerir nomes de ministeriáveis para o novo governo. O governador mais votado no Brasil nestas eleições, Eduardo Campos (PSB), de Pernambuco, ficará com R$ 499 milhões para obras na Região Metropolitana do Recife. Na Bahia, Jaques Wagner (PT-BA) foi contemplado com R$ 357 milhões. O exministro da Justiça do governo Lula Tarso Genro (PT) também começa o ano com o caixa cheio. O governador eleito no Rio Grande do Sul terá R$ 303 milhões para obras no estado.

 "A seleção começou a ser feita em maio. Levamos em consideração aqueles projetos que estavam prontos e com condições de já serem licitados.

 Foi uma decisão republicana e suprapartidária", afirma o ministro das Cidades, Márcio Fortes. Segundo ele, o bom desempenho no PAC1tambémserviu como critério. "Alguns estados e municípios nem apresentaram projetos," diz o ministro.

 Essa seleção, divulgada pelo Ministério das Cidades, contempla apenas projetos do chamado Grupo 1, que reúne as regiões metropolitanas de Belém, de Fortaleza, do Recife, de Salvador, do Rio de Janeiro, de Belo Horizonte, de São Paulo, de Campinas, da Baixada Santista, de Curitiba e de Porto Alegre, além do Distrito Federal.

 Também foram incluídas cidades com mais de 70 mil habitantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e com mais de 100 mil habitantes do Sul e do Sudeste. As demais cidades foram incluídas no Grupo 2 e no Grupo 3. A pré-seleção dos projetos já começou. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve participar, na primeira semana de dezembro, de uma cerimônia para formalizar os contratos.

 A portaria também confirmou a liberação de recursos para quase 90 mil unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, incluídas no PAC 2.
 __________________
 R$ 11,8 BILHÕES Valor do Orçamento de 2011 destinado a 1.258 projetos do PAC 2

"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

 
"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-Mossoró
Sinduscon-AP
Sinduscon-AC
Sinduscon – Vale
Sinduscon-BC
Sinduscon-RR
Ademi – GO
Sinduscon-BA
Sinduscon Chapecó
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscon – CO
Sinduscon – Norte
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X