Indústria de materiais da construção fecha o primeiro bimestre de 2018 com crescimento de 1,5% no faturamento

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) de fevereiro apontam crescimento no faturamento deflacionado no bimestre de 1,5%. O resultado positivo ainda não significa plena recuperação, uma vez que comparado a fevereiro/17 as vendas apontam queda de 0,9%. Considerando o emprego na construção, o mês foi de crescimento de 0,5% no número de postos em relação a janeiro.

Analisando os números em maior detalhe, observa-se crescimento no faturamento dos dois segmentos em que se dividem os produtos: base e acabamento. O bimestre foi fechado com crescimento em ambos os setores, porém foram os materiais de base que apresentaram maior expansão nas vendas do bimestre, com 2%, contra 1,2% dos materiais de acabamento.As perspectivas da Abramat indicam que em 2018 o setor voltará a crescer, projetando algo em torno de 1,5%.

A previsão para o ano, assim como o resultado do bimestre, vão ao encontro dos últimos números de projeção do PIB divulgados pelo IBGE. A associação ressalta em seu estudo que um crescimento anual de 1,5% não deve ocorrer a partir de um crescimento médio perene, mas sim com a alternância entre resultados positivos e negativos ao longo do ano.

Compartilhe!

Eventos

 
 

Agenda da Construção

Setembro, 2018

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

20Set14:0017:00Reunião da Comissão de Infraestrutura (COP)Reunião Ampliação Mercado de Infraestrutura

Núcleo de Seguros

 
Convenio de Seguros
 

Afiliações

 
CICA
FIIC
CNI
 

Publicações

Clique aqui para acessar todas as publicações da CBIC.

Parceiros

Clique aqui e conheça os parceiros da CBIC.

X
/* ]]> */