Indústria de materiais da construção fecha o primeiro bimestre de 2018 com crescimento de 1,5% no faturamento

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) de fevereiro apontam crescimento no faturamento deflacionado no bimestre de 1,5%. O resultado positivo ainda não significa plena recuperação, uma vez que comparado a fevereiro/17 as vendas apontam queda de 0,9%. Considerando o emprego na construção, o mês foi de crescimento de 0,5% no número de postos em relação a janeiro.

Analisando os números em maior detalhe, observa-se crescimento no faturamento dos dois segmentos em que se dividem os produtos: base e acabamento. O bimestre foi fechado com crescimento em ambos os setores, porém foram os materiais de base que apresentaram maior expansão nas vendas do bimestre, com 2%, contra 1,2% dos materiais de acabamento.As perspectivas da Abramat indicam que em 2018 o setor voltará a crescer, projetando algo em torno de 1,5%.

A previsão para o ano, assim como o resultado do bimestre, vão ao encontro dos últimos números de projeção do PIB divulgados pelo IBGE. A associação ressalta em seu estudo que um crescimento anual de 1,5% não deve ocorrer a partir de um crescimento médio perene, mas sim com a alternância entre resultados positivos e negativos ao longo do ano.

Compartilhe!

Eventos

 
 

Agenda da Construção

Junho, 2018

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

Nenhum evento hoje

Núcleo de Seguros

 
Convenio de Seguros
 

Afiliações

 
CICA
FIIC
CNI
 

Publicações

Clique aqui para acessar todas as publicações da CBIC.

Parceiros

Clique aqui e conheça os parceiros da CBIC.

X
/* ]]> */