Logo da CBIC

Agência CBIC

23/06/2022

Entrevista - Financiamento ao setor da construção civil já é 36% maior que em 2021, diz Caixa  

No primeiro semestre deste ano, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou novas soluções de financiamento a pessoas jurídicas. Em conversa com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a vice-presidente de Habitação da CAIXA, Henriete Alexandra Sartori Bernabé, destacou os resultados das medidas na área de Habitação até o momento e as expectativas da instituição até o final deste ano.

Informou também, entre outros, como está o andamento do Plano Empresário CAIXA (PEC) e os benefícios concedidos às empresas construtoras e/ou incorporadoras que aderirem ao Nível de Desempenho Técnico (NDT).

Confira a seguir, trechos da conversa exclusiva para o CBIC Hoje:

 

CBIC: A área de Habitação da Caixa já percebe avanços nos resultados alcançados com as novas soluções de financiamento a pessoas jurídicas, anunciadas no primeiro semestre deste ano pelo presidente Pedro Guimarães?

Henriete Bernabé: As medidas anunciadas já apresentam impacto positivo, com destaque para a antecipação de recursos, concessão de carência e repactuação de cronogramas e maior velocidade na liberação de parcelas de obras.

No exercício de 2022 foram contratados R$ 14,8 bilhões em financiamento ao setor da construção civil, montante superior em 36% ao realizado no mesmo período de 2021. Somente no mês de maio/2022, foram contratados R$ 4 bilhões de reais no segmento pessoa jurídica, evolução de 65,74% em comparação a maio de 2021.

 

CBIC: Segundo divulgação da ABECIP, a CAIXA tem apresentado percentuais de contratação acima de 50% do mercado no segmento SBPE. Qual a expectativa para o segundo semestre?

Henriete Bernabé: Até maio/22 já foram aplicados R$ 36,5 bilhões com funding SBPE, evolução de 23,5% em relação ao mesmo período de 2021. A expectativa da CAIXA é superar R$ 85 bilhões até dez/22.

 

CBIC: Como está o andamento do novo Plano Empresário CAIXA, com financiamento à produção de empreendimentos SBPE?

Henriete Bernabé: O novo Plano Empresário CAIXA foi disponibilizado para contratação em maio, destacando-se as seguintes novidades:

  • Permuta do Terreno de até 35%
  • Repasse de Unidades a qualquer tempo
  • Simplificação da liberação de recursos com redução de 50% dos documentos
  • Controle de Recebíveis e Garantias em esteiras diferenciadas e simplificadas

Na sequência do lançamento, foram realizadas agendas com entidades e empresas do setor que avaliaram como positivas as mudanças trazidas pelo novo produto. Temos recebido várias propostas e nossa expectativa é de incremento nas contratações nesta modalidade até o final de 2022.

 

CBIC: Quais benefícios de adesão ao Nível de Desempenho Técnico (NDT) para as empresas construtoras/incorporadoras?

Henriete Bernabé: As empresas que aderem ao NDT possuem o reconhecimento pela CAIXA da sua expertise em governança, gestão técnica e qualidade de entregas.

Aquelas que possuem a certificação (níveis 1, 2 e 3) possuem acesso a Trilhas de Análise de Engenharia e, nos níveis 1 e 2, de acompanhamento de obras diferenciada.

Há também qualificação na análise de risco de crédito e condições diferenciadas de taxas de juros nas contratações com recursos do SBPE.

 

CBIC: Como a CAIXA está tratando Responsabilidade Socioambiental para o setor da construção civil?

Henriete Bernabé: Para o segmento da Construção Civil a CAIXA conta com o Selo Casa AZUL + CAIXA, instrumento de classificação socioambiental de adesão voluntária, que tem por objetivo valorizar soluções de eficiência e sustentabilidade na concepção, construção, uso e manutenção de empreendimentos habitacionais, gerando benefícios ambientais, sociais e econômicos à toda a cadeia de produção até o cliente e usuário final das edificações.

Para os empreendedores, associar a identidade Selo Casa Azul + CAIXA a seus empreendimentos, fortalece a imagem e reputação da empresa e garante acesso ao melhor pacote de valor de taxas de juros nos financiamentos com fontes de recursos originários da poupança (SBPE).

Para os adquirentes das unidades habitacionais, o Selo visa assegurar qualidade de vida, conforto ambiental e redução das despesas ao longo da vida útil da edificação. Além disso, o certificado concedido ao empreendimento, garante também ao cliente final condições especiais para o financiamento de unidade vinculada (CCSBPE).

Com o sucesso da iniciativa na habitação a CAIXA também lançou a iniciativa chamada Selo Município + Azul CAIXA, que reconhece o nível de maturidade dos municípios nos eixos ambiental, social, governança e climático.

Para apoiar ainda mais o desenvolvimento sustentável no país, a CAIXA lançou recentemente uma nova linha de crédito: a ESG Ecoeficiência, que é exclusiva para empresas, e vai financiar 100% dos investimentos de projetos que reduzam o impacto ambiental, com até 72 meses de prazo e 24 meses de carência.

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Agosto/2022

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-JP
Sinduscon-Vale do Itapocu
Sinduscon-Porto Velho
Sinduscon-MT
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
Sinduscon-JF
Sinduscon – Vale do Piranga
Sinduscon PR – Noroete
ADEMI-AM
Sinduscon-AM
ASEOPP
Sinduscon-RR
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X