Logo da CBIC

Agência CBIC

28/06/2010

Entidades e empresas analisam norma de desempenho para edificações

Representantes da Caixa Econômica Federal, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), do Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), dos Sinduscons , do Secovi-SP e da Apeop-SP estiveram reunidos no último dia 22, em São Paulo, para analisar a Norma de Desempenho (NBR 15575).

A norma define critérios de desempenho para a habitabilidade, segurança e sustentabilidade de edificações ao longo de uma vida útil mínima obrigatória.

Durante a reunião, representante do CB-02 da ABNT informou que a norma poderá ser revista se for apresentada solicitação com justificativas consistentes e fundamentadas por valores e cálculos.

Especialistas de desempenho acústico e térmico do IPT apresentaram, na ocasião, parâmetros exigidos pela NBR 15575 e outras normas correlatas.

A Caixa está analisando se os níveis de atendimento à Norma de Desempenho (mínimo, intermediário e superior) se relacionarão com o grau de exigência para financiamento de construções de baixo, médio e alto padrão.

Outro ponto também tratado durante a reunião foi o do impacto do custo da exigência de se ter veneziana nas janelas como elemento de sombreamento.

Não foi apresentado, no entanto, resultados de cálculos desse impacto financeiro.

De acordo com a assessora técnica da CBIC, Geórgia Grace, grupo formado por grandes incorporadoras e que já trabalha na análise crítica da aplicação da norma há alguns meses sinalizou que os principais gargalos identificados estão no atendimento de desempenho acústico e térmico: isolamento de janelas, portas e lajes.

Houve consenso de que as construtoras e fabricantes de materiais devem ‘internalizar’ a norma nos seus processos construtivos e fabris, verificar o que já estão atendendo, o que estão perto de atender e o que dificilmente poderão atender hoje a fim de eliminar os ‘fantasmas’ e as preocupações que a cobrança da norma está causando ao setor.

Nova reunião sobre o assunto será realizada no dia 13 de julho, em São Paulo, local a ser definido, para a apresentação das análises para o atendimento e possíveis impactos da NBR 15575 na cadeia produtiva da construção.

Clique aqui para acessar a íntegra da memória da reunião.

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sicepot-PR
Sinduscon-TO
SECOVI-SP
Sinduscon-Vale do Itapocu
APEOP-SP
Sinduscon-Teresina
Sinduscon-RO
Sinduscon – Vale
Sinduscon-Oeste/PR
Ademi – MA
Sicepot-RS
Sinduscom-VT
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X