Logo da CBIC

CBIC`s Agency

16/10/2014

Construção civil puxa empregos em setembro

"Cbic"
16/10/2014

Jornal de Limeira

Construção civil puxa empregos em setembro

Mês passado teve melhor desempenho desde abril; fevereiro lidera

Limeira registrou o melhor saldo de empregos desde abril, com a criação de 216 postos de trabalho no mês de setembro, segundo os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho. O setor responsável pela recuperação do emprego na cidade foi o da construção civil.

A construção civil gerou, sozinha, 210 postos de trabalho – o seu melhor desempenho desde junho, quando foram criados 247 empregos. Em julho, o setor tinha perdido 178 postos de trabalho. E em agosto, o saldo negativo foi de -14. "O saldo positivo de setembro me surpreende, pois os financiamentos na Caixa Econômica Federal estão parados e não tem serviço. Porém, a formalidade pode ser a responsável por esse bom saldo. As empresas estão registrando os empregados, porque o governo federal reduziu os encargos sociais do setor", afirmou o diretor do Sincaf (Sindicato Patronal das Indústrias da Construção Civil e Afins de Limeira), Roberto Martins.

Para Martins, o setor deve continuar parado até março do próximo ano, devido às eleições. "Com a reeleição do PT ou eleição do PSDB, as grandes obras, com verbas do governo federal, não vão ocorrer até março de 2015. Não acredito numa recuperação de empregos neste período", disse.

Já o presidente do Siticecom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Cerâmicas, da Construção e Mobiliário de Limeira e região), Ademar Rangel, aposta na recuperação do setor e nas reformas de imóveis no fim do ano. "As construções não estão paradas na cidade e, com o pagamento do 13º salário, muitas pessoas vão fazer aquela reforma em casa", declarou.

Martins também acredita que a falta de chuvas vai contribuir com as obras nesta época do ano. "Este está sendo um ano atípico, sem chuvas, o que ajudam as obras, que dependem de boas condições climáticas. Nesta época do ano, o setor sempre desacelera, porque chove muito, mas isso não está ocorrendo", afirmou.

A preocupação de Rangel é com relação ao término das obras de prédios na cidade. "Daí veremos aumento de desemprego no setor, pois esses trabalhadores ficarão sem emprego", alertou.

OUTROS SETORES

Ao contrário do bom desempenho da construção civil, outros setores tiveram saldo de empregos bem inferior em Limeira. O segundo melhor desempenho foi do setor de serviços, com a geração de 60 postos de trabalho, seguido pelo comércio, com 27 empregos. A indústria manteve o saldo negativo, menos 50 postos de trabalho, assim como a agropecuária, -17.

Na comparação, ante 216 novos postos de trabalho criados em setembro, 52 tinham sido gerados em agosto, -108 em julho, -30 em junho e 214 em maio. Em abril, 400 vagas foram geradas. Até o momento, o melhor desempenho de 2014 ocorreu em fevereiro, com a geração de 498 postos de trabalho.

**********************
retranca
Criação de vagas atinge
menor nível no Brasil
No País, o desempenho de setembro só perde para o de fevereiro em 2014, mas na comparação ano a ano, a criação de empregos com carteira assinada atingiu no mês passado o pior nível para o mês em 13 anos. Segundo dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, o País criou 123.785 empregos no mês passado – o menor número para meses de setembro desde 2001, quando foram gerados 80.028 postos de trabalho.
De janeiro a setembro deste ano, foram criados 904.913 empregos registrados em carteira – total mais baixo desde o início da série histórica do Ministério do Trabalho, em 2004. Em relação ao mesmo período do ano passado, a geração de empregos caiu 31,6%. De janeiro a setembro de 2013, tinham sido criadas 1,323 milhão de vagas.
No mês passado, o total de admissões somou 1.770.429 contra 1.646.644 demissões. Apesar do desempenho ruim na comparação com os outros anos, a geração de empregos em setembro atingiu o melhor nível desde fevereiro deste ano, quando tinham sido criados 260.823 postos de trabalho na série sem ajustes.
Os setores que mais ampliaram a oferta de vagas em setembro foram serviços (62,4 mil novas vagas), comércio (36,4 mil vagas) e indústria de transformação (24,8 mil vagas). Dois segmentos registraram queda nos postos de trabalho: indústria extrativa mineral (-455) e agropecuária (-8,9 mil), influenciada pelo fim da colheita da maior parte das safras. (Agência Brasil)
 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-SF
Sinduscon-Extremo Oeste
SECONCI BRASIL
Sinduscon – CO
Ademi – ES
Sinduscon-AL
Sinduscon-BA
Sinduscon-AC
ASBRACO
Sinduscon Anápolis
SECOVI- PB
Ademi – PR
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X