Logo da CBIC

Agência CBIC

24/02/2021

Artigo: CBIC Jovem – Inclusão digital: desenvolvimento de um 'chatbot' para uso no canteiro

Luiz Henrique Ceotto é engenheiro civil, professor visitante na Poli-USP e consultor do estudo  ‘Transformação Digital na Indústria da Construção’ do Grupo CBIC Jovem 

A produtividade do setor da Construção é um dos mais baixos da economia brasileira e é prioridade do setor corrigir essa distorção. Somos um setor em constante transformação e a capacitação contínua dos operários é um dos principais fatores para o aumento da produtividade, melhoria da qualidade de vida e melhor segurança no trabalho. Esse desafio motivou o grupo CBIC Jovem a desenvolver um aplicativo para uso em smartphone que aproxime os operários do conteúdo tecnológico de boa qualidade disponível na internet.

As vantagens buscadas foram:

  • O smartphone é um dispositivo de grande uso por parte dos operários da construção.
  • Utilização de aplicativo gratuito.
  • Autonomia na busca do conhecimento, não dependendo de processos tradicionais de treinamento ou de outras pessoas.
  • Disponibilização de informações específicas suprindo a necessidade imediata do operário.

Existem inúmeros e excelentes aplicativos de busca de conhecimento na internet, sendo o Google o mais famoso. Foram concebidos para busca com palavras escritas e a habilidade de leitura e escrita é fundamental. O percentual de operários analfabetos ou analfabetos funcionais é grande e esse é um entrave importante no seu uso.  Além disso, a informação precisa ser voltada às necessidades imediatas do trabalhador e serem disponibilizadas principalmente em vídeos, imagens e som. Textos tendem a ser absorvidos com mais dificuldade pela maioria dos operários.

No início dos trabalhos, tentou-se desenvolver o aplicativo usando softwares de inteligência artificial para facilitar as buscas, mas a necessidade de palavras escritas veio a ser um problema novamente. Além disso, o uso desses softwares, não é gratuito e criaria uma despesa importante que poderia inviabilizar o projeto. Decidiu-se então simplificar o processo utilizando uma “arvore de busca” simples e fixa, residente no site da CBIC, usando-se um software gratuito chamado VideoAsk. Além disso, aproveitou a figura do “sr. Lages”, já usada em programas de treinamento da CBIC, como interlocutor virtual nas perguntas feitas pelo software. Para acesso ao aplicativo, basta o operário ter cadastrado no seu celular o telefone do “sr. Lages” que ao fazer uma chamada, entrará automaticamente na arvore de busca do site.

Em entrevistas com operários foi visto que o primeiro conjunto de assuntos de interesse poderiam ser agrupados pelas profissões. Assim, foram primeiramente selecionados 10 tipos de profissões que poderão ser complementadas em função de novas necessidades:

  1. Mestre e Encarregado
  2. Carpinteiro
  3. Armador
  4. Pedreiro
    1. Pedreiro de interiores
    2. Pedreiro de fachada
  5. Pintor
  6. Gesseiro
  7. Encanador
  8. Eletricista
  9. Impermeabilizador
  10. Serralheiro

O segundo “ramo” da arvore de busca são os assuntos específicos estimados para cada profissional. Como exemplo seguem os assuntos desenvolvidos para o carpinteiro:

  1. Carpinteiro
    1. Forma de Estrutura
    2. Forma para Pilar
    3. Forma para escada
    4. Forma para viga
    5. Forma para lajes
    6. Forma para blocos e baldrames
    7. Forma para cortinas

Essa lista de assuntos foi definida usando o Google Trends em função dos assuntos mais procurados em cada profissão pelos usuários do Google e poderá sempre ser ajustada, se necessário.

A cada profissão e cada assunto é associado um avatar que facilita a compreensão dessa profissão, sem necessidade de leitura. As perguntas feitas pelo aplicativo utilizam a voz do “sr. Lajes”. Não é necessário saber ler e escrever para o uso desse aplicativo.

Para cada assunto listado, foi associado uma lista de vídeos interessantes (“play-list”) para ser vista pelo usuario. Se necessário, poderão ser inseridos novos sub-ramos complementares de assuntos e terminando sempre numa “play-list”. O aplicativo pode ser complementado ou reconfigurado com facilidade em função do seu uso, de modo a atender melhor o usuário.

Essas “play-list“ são constituídas de vídeos informativos e de treinamento já disponíveis na internet, feitos por fabricantes de materiais e equipamentos, ou por sites de treinamento, e são previamente “curados” por uma comissão técnica de alto nível (curadoria), que garantirá que os vídeos disponibilizados serão sempre de boa qualidade, sem técnicas que induzam vícios construtivos ou riscos de saúde e de trabalho. Até o momento já foram curados 180 vídeos e o objetivo é disponibilizarmos 1.000 vídeos a cada 6 meses.

Para facilitar ainda mais a escolha dos vídeos pelos usuários, foram atribuídos níveis de qualidade de 1 a 5 estrelas, sendo os de 1 estrela em vídeos de qualidade básica e conteúdo mais simples e de 5 estrelas com alta qualidade de produção, conteúdo importante e bastante completo.

Esse aplicativo está em versão de teste e ficará disponível para setor dentro de poucas semanas. A arvore de busca deverá ser aprimorada constantemente e conter uma videoteca cada vez maior e mais completa.

*Artigos divulgados neste espaço são de responsabilidade do autor e não necessariamente correspondem à opinião da entidade.

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Abril/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscom-SL
Ademi – RJ
Sinduscon-RN
Sinduscon-MS
APEOP-SP
ASEOPP
Sinduscon-Teresina
Sinduscon-AC
Ademi – ES
SECONCI BRASIL
AELO
Sindicopes
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X