Logo da CBIC

CBIC`s Agency

15/04/2020

Artigo: As estruturas metálicas e o combate à Covid-19

Ascanio Merrighi é diretor executivo do Centro Brasileiro da Construção em Aço

É desafiador pensar em construir um hospital no gramado de um estádio de futebol e sem estrutura adequada de acesso à água, eletricidade e esgoto. Mas foi nesse cenário que um hospital de campanha – dentre vários que já foram construídos – para tratamento de pacientes com à Covid-19 foi erguido na cidade de São Paulo, com todo o processo construtivo concluído em apenas 10 dias. Em 22/03, quando o Brasil tinha 1.546 casos confirmados da doença, o hospital de campanha do estádio Pacaembu começou a ser construído com a participação de 80 colaboradores. Finalizado desde 01/04, já recebe pacientes de baixa e média complexidades, todos transferidos da rede municipal de saúde.

O hospital de campanha, que ganhou o nome de H. M Camp (Hospital Municipal de Campanha), conta com 200 leitos hospitalares em uma tenda com 6,3 mil m², ocupando totalmente o gramado do tradicional estádio paulistano. E o que possibilitou a construção de um hospital dessa magnitude em um período tão curto de tempo foi justamente a escolha feita pela Allegra Pacaembu, concessionária que administra o estádio, que optou por utilizar o sistema industrializado em aço, presente em toda a estrutura metálica que envolve o hospital. Por ser pré-fabricada, essa estrutura garante facilidade no processo de montagem e é compatível com qualquer tipo de material de fechamento, tanto vertical como horizontal, desde os mais convencionais, como tijolos e blocos, até componentes pré-fabricados, como painéis de concreto e drywall.

A flexibilidade do uso da estrutura em aço facilita também a passagem de utilidades como água, ar-condicionado, telefonia, esgoto e eletricidade. E os benefícios dessa utilização vão além: em imagens que mostram as etapas de construção do H. M Camp, nota-se maior organização do canteiro de obras, já que as estruturas em aço não necessitam de grandes depósitos de areia, brita, cimento e ferragens. O ambiente limpo, com menos entulho, oferece melhores condições de segurança ao trabalhador, reduzindo a possibilidade de acidentes.

Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, temos outro exemplo de construção de um hospital de campanha em um curto espaço de tempo. O hospital modular projetado pela Quick House, em parceria com a Soluções Usiminas, está sendo feito com paredes autoportantes intensivas em aço em sistemas de construção à seco, diferente do sistema Steel Frame, que também é uma solução com paredes auto/portantes.

Além desses modelos mencionados, podemos elencar mais duas opções tecnicamente possíveis para implantação de hospitais de campanha: a primeira é a construção de galpão com estrutura de aço leve e vão grande, acrescentando divisórias em drywall no interior e a segunda a construção de estrutura leve de pilares e vigas com vãos e modulação estrutural de edificações convencionais inserindo as paredes divisórias internas em drywall.

Cada um destes caminhos construtivos requer uma solução diferente de fundações para ancoragem e transmissão das cargas estruturais das edificações. Cada hospital tem suas peculiaridades e deve ser analisado caso a caso.

A qualidade do material é outro ponto que deve ser levado em consideração. A fabricação da estrutura em aço ocorre dentro de uma indústria e conta com mão de obra qualificada, garantindo trabalho de qualidade graças ao rígido controle existente em todo o processo industrial.

Em construções temporárias, como é o caso dos hospitais de campanha, destaca-se ainda a facilidade na montagem e também na desmontagem das estruturas em aço. Além disso, elas podem ser reaproveitadas no futuro para outras ações, já que o aço é um material 100% reciclável. Importante salientar que, embora tenham caráter temporário, hospitais de campanha são construções que devem atender todas as exigências técnicas previstas em Normas e Códigos de Obras

As soluções construtivas em aço geram soluções, em média, com 1/3 do peso das construções convencionais. Menos transporte para o canteiro de obras, que, associado à drástica redução de resíduos traz sustentabilidade ambiental e urbana para as edificações. A construção industrializada em aço deve ser encarada então como grande aliada, por sua rapidez, segurança, qualidade e sustentabilidade. Espera-se que esses hospitais, erguidos em tão poucos dias, ajude a salvar vidas, desafogue leitos de outras unidades de atendimento e ajude a sociedade e encarar o difícil momento de combate à Covid-19.

 

*Artigos divulgados neste espaço, não necessariamente correspondem à opinião da entidade.

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

28oct10:0012:00Boas Práticas em Responsabilidade Social durante a pandemia - Experiências da Região Sudeste10:00 - 12:00 Via Zoom

28oct14:3016:30Seminário Técnico de Revisão do SINAPI - Rio Grande do Sul14:30 - 16:30 Via Zoom

Partners and Affiliations

Partners

 
ASBRACO
Sinduscon Chapecó
Sinduscon-ES
Sinduscon-GO
Sinduscon-BC
Sinduscon-JF
Sinduscon – CO
Sicepot-RS
Sinduscon-PB
SECOVI-SP
Sinduscon-SP
Sinduscon-AL
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X