Logo da CBIC

Agência CBIC

25/03/2011

Tocantins, a experiência

 

25/03/2011 :: Edição 064

Jornal de Brasília/BR   |   25/03/2011

tocantins, a experiência

Elson Ribeiro Póvoa

Presidente do Sindicato da Indústria
da Construção Civil
do Distrito Federal, o Sinduscon-DF

Sonhado desde o século XVII, em função de suas importantes vias de
navegação, Tocantins, com sua emancipação ocorrida com a Constituição de l988,
trouxe um legado de desenvolvimento para aquela região do norte goiano, que
viveu séculos de isolamento e abandono. Tocantins tem mais da metade do seu
território como áreas de preservação, unidades de conservação e bacias hídricas
com santuários naturais, como a Ilha do Bananal, a maior ilha fluvial do mundo,
o Parque do Jalapão e o Cantão, onde se encontram três ecossistemas: o
amazônico, o pantaneiro e o cerrado.

Vivi pessoalmente esta experiência da mudança que a emancipação do Tocantins
propiciou à região. Chegando em Dianópolis em l955, vivi numa cidade totalmente
isolada, o que era comum a muitas outras em épocas de chuvas. Não tínhamos
estradas, telefone, TV, nada. Os únicos meios de comunicação eram o rádio, o
telégrafo, quando havia, e a chamada Linha de Integração Nacional da extinta
companhia aérea Cruzeiro do Sul.

Com a emancipação, fruto do trabalho corajoso e persistente de um grupo de
abnegados, tendo à frente o seu atual governador pelo quarto mandato José
Wilson Siqueira Campos, houve um salto revolucionário em termos de
desenvolvimento e de redução das desigualdades sociais. Na época, o único ramal
viário era a Belém-Brasília, implantada por Juscelino Kubitschek, mas em
péssimas condições. Hoje, Tocantins é cortada por rodovias pavimentadas de
norte a sul, de leste a oeste, com 3.938 km de rodovias, além da linha férrea
Norte-Sul e a via que irá até o porto de Ilhéus, dando acesso ao Atlântico.

A política energética alcançou os recantos rurais antes totalmente isolados
e foi uma mudança significativa, inspirando até o Programa Luz para Todos,
implantado posteriormente pelo ex-presidente Lula. Para isso, o governador
Siqueira Campos, que fez um périplo por vários países para atrair indústrias
para o novo Estado, buscou também recursos internacionais. Por meio do Projeto
de Desenvolvimento Regional Sustentável, com recursos do Banco Mundial, foi
implantado o combate à pobreza rural e construída a malha rodoviária, hoje um
orgulho para o Estado.

O desenvolvimento nos setores de saneamento, habitação, inclusive na área
rural, na saúde, na estrutura aeroportuária, mudou a história do Tocantins. E
foi precedido de uma luta do atual governador Siqueira Campos. Para isso,
chegou até a ser preso e teve várias tentativas de assassinato, pois a idéia da
emancipação causou reações violentas. Chegou a fazer greve de fome em prol de
sua causa. Hoje, Siqueira Campos, cearense de Crato, de origem humilde, governa
Tocantins com vigor administrativo e rigor no trato com a coisa pública,
contando com a ajuda do filho, Eduardo Siqueira Campos, que foi senador e
renunciou à candidatura para ajudar o pai na condução do Estado. A esta liderança,
Tocantins deve a pujança atual.


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sicepot-PR
Sinduscon-Oeste/PR
Ademi – MA
Sinduscom-SL
Sindicopes
Ademi – PE
Sinduscon-TO
Sinduscon-Joinville
FENAPC
Ascomig
Sinduscon-BA
SECOVI-SP
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X