Logo da CBIC

Agência CBIC

10/05/2012

Taxa ao consumidor cai ao menor nível desde 1995

"Cbic"
10/05/2012 :: Edição 313

 

O Globo/BR 10/05/2012
 

Taxa ao consumidor cai ao menor nível desde 1995

 Taxa ao consumidor cai ao menor nível desde 199   
  BB torna mais barato empréstimo para empresas
  
As taxas de juros de crédito ao consumidor, com exceção do rotativo do cartão de crédito e do cheque especial, caíram de 6,33% ao mês em média para 6,25% mensais em abril. Trata-se da menor taxa desde 1995, segundo a Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).
 A menor taxa básica de juro (Selic), hoje em 9% ao ano frente aos 11% do fim de 2011, e a maior competição entre os bancos, iniciada pelas instituições financeiras públicas por pressão do governo no início de abril, explicam esse patamar de juros, de acordo com a Anefac.
 – Como esses movimentos devem continuar ao longo do mês, esperamos reduções ainda mais expressivas no decorrer de maio – disse o responsável pela pesquisa, Miguel Ribeiro de Oliveira.
 Em dezembro de 2011, a taxa das operações de crédito era, em média, de 114,84% ao ano e hoje está em 106,99% anuais.
 Sobre a possibilidade de as taxas do crédito rotativo (cartão de crédito e cheque especial) também caírem, Oliveira disse que está otimista de que isso ocorrerá:
 – O Banco do Brasil e a Caixa estão tentando puxar essas taxas para baixo. Desta forma, os outros bancos tendem a seguir o movimento.
 A Anefac também constatou queda no juro de três linhas de crédito destinadas aos empresários. A redução média das taxas foi de 0,07 ponto percentual em abril, com o juro ficando em 3,63% ao mês, menor taxa desde dezembro de 2009.
 Para esses clientes empresariais, o Banco do Brasil anunciou nova redução de juros. Desta vez, o foco são pequenas e microempresas. O BB isentará de tarifas por seis meses pequenas empresas que abrirem uma conta e criará promoções nas datas comemorativas. A primeira será uma carência de três meses para o pagamento da primeira parcela de empréstimos fechados em maio por causa do Dia das Mães.
 A taxa do BB para descontar cheques pré-datados, duplicatas ou cartões de crédito caiu de 1,3% ao mês para 1%. A do cheque especial para as empresas passou de uma média de 9,13% ao mês para taxa única de 3,94% ao mês. Os novos juros são para todos os clientes que deixarem o gerente escolher qual o tipo de financiamento mais adequado. O BB também reduziu os juros de duas linhas de capital de giro. A taxa mínima para empréstimos com capital do BNDES passou de 0,96% ao mês para 0,89% ao mês. Já para a linha com capital próprio, a taxa mínima passou de TR (Taxa Referencial) mais 2,14% ao mês para TR mais 0,99% ao mês. 

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-BA
Ademi – SE
Sinduscon-JP
AEERJ – Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro
Ademi – AL
Sinduscom-NH
Sinduscon – Grande Florianópolis
Sinduscon-PA
Sicepot-RS
Sinduscon-CE
APEOP-PR
SECONCI BRASIL
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X