Setor produtivo e órgãos ambientais debatem licenciamento ambiental

Segurança jurídica será um dos focos do seminário “O IPHAN no Licenciamento Ambiental: diálogos e perspectivas jurídicas”

Promover o debate sobre segurança jurídica entre o governo federal, os órgãos ambientais e o setor produtivo é o principal objetivo do seminário “O IPHAN no Licenciamento Ambiental: diálogos e perspectivas jurídicas”, que será realizado nos próximos dias 22 e 23 de outubro pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em correalização com o Senai Nacional. O evento será realizado das 8h às 18h30, no auditório da Confederação Nacional do Comercio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em Brasília. Além do presidente da CBIC, José Carlos Martins, a abertura do seminário contará com as presenças do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão; do ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte; do presidente da Confederação Nacional de Municípios, Glademir Aroldi; do coordenador da 4ª Câmara – Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do Ministério Público Federal, Nívio de Freitas Filho; da presidente do IPHAN, Kátia Santos Bogéa; e de Alexandre Sampaio, da CNC.

“A ideia é apresentar para os órgãos ambientais e o setor produtivo um aspecto fundamental que é a segurança jurídica, ou seja, como de fato o IPHAN atua no licenciamento e em quais circunstâncias; quais os prazos de manifestação; os gargalos e como as dificuldades estão sendo vencidas”, destaca o coordenador nacional de licenciamento do IPHAN, Roberto Stanchi. “Resumindo, a expectativa é conferir previsibilidade, segurança jurídica e eficiência técnica na participação do IPHAN no licenciamento ambiental”.

Além do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Heman Benjamin, o seminário reunirá profissionais da área de licenciamento, órgãos especializados, representantes do setor produtivo e da sociedade. O consultor da Comissão de Meio Ambiente (CMA) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e proprietário do Saes Advogados, advogado Marcos Saes, participará em dois momentos do evento. Na Conferência 01, que abordará o tema “Licenciamento Ambiental: a necessidade de Segurança Jurídica para a Construção do Desenvolvimento Sustentável”, Marcos Saes reforçará a importância da segurança jurídica – que é preciso ter regras claras e prazos definidos para que sejam entendidas e cumpridas, destacando a importância da aprovação do Projeto de Lei conhecido como a Lei Geral do Licenciamento Ambiental.

Já no Painel 2, que abordará “A consulta ao IPHAN no Licenciamento Ambiental”, Marcos Saes destaca que serão analisados casos específicos sobre o que tem acontecido de positivo, para que seja ampliado, e sobre como evitar os que não estão cumprindo a regra existente não ocorra nos demais casos. O painel também contará com as presenças do presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Suely Araújo; do coordenador nacional de Licenciamento do IPHAN, Roberto Stanchi, e do procurador da República, do Ministério Público Federal, Zani Cajueiro.

Para se inscrever, Clique aqui.

Participe!

Compartilhe!

Eventos

 
 

Agenda da Construção

Outubro, 2018

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento hoje

Núcleo de Seguros

 
Convenio de Seguros
 

Afiliações

 
CICA
FIIC
CNI
 

Publicações

Clique aqui para acessar todas as publicações da CBIC.

Parceiros

Clique aqui e conheça os parceiros da CBIC.

X
/* ]]> */