Logo da CBIC

CBIC`s Agency

24/11/2014

Setor imobiliário se opõe aos reajustes do IPTU e do ITBI

"Cbic"
24/11/2014

Gazeta do Povo

Setor imobiliário se opõe aos reajustes do IPTU e do ITBI

Representantes de entidades dos setores imobiliários e de construção civil manifestaram ontem, em reunião conjunta, sua posição contrária à proposta de reajuste de impostos apresentada pela prefeitura de Curitiba na última segunda-feira.

Projetos de lei encaminhados à Câmara Municipal determinam correção de 5% e 8%, mais o IPCA acumulado em 2014, sobre o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de imóveis edificados e não edificados, respectivamente, e de 0,5% na alíquota do Imposto sobre Transmissão Intervivos de Bens Imóveis (ITBI). A medida está sob avaliação da Procuradoria Jurídica da Câmara e deve ser votada em plenário na primeira quinzena de dezembro.

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Paraná (Sinduscon-PR), José Eugenio Gizzi, afirma que o aumento de tributos no atual momento econômico vivido pelo país irá prejudicar não apenas o consumidor final, que terá de pagar mais impostos, mas também os investimentos no município.

Isso terá reflexos no crescimento da cidade. Ao invés de favorecer, a medida inibe os investimentos, que têm relação direta com o aumento do Produto Interno Bruto (PIB) e, consequentemente, da arrecadação municipal , diz.

Desemprego 

 Keiro Yamawaki, presidente da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura no Paraná (AsBEA-PR), alerta que a retração nos investimentos fatalmente vai resultar na redução das contratações nos escritórios de arquitetura e em toda a cadeia da construção civil e do comércio, interferindo na taxa de desemprego.

O estímulo ao crescimento da informalidade nas transações imobiliárias também foi apontado pelas entidades como um possível resultado dos reajustes. Isso porque o aumento dos gastos para transferência de imóveis poderia fazer com que os compradores não registrassem as unidades, aumentando o número dos chamados  contratos de gaveta .

Entre 2004 e 2013, a arrecadação com o ITBI aumentou 506%, passando de R$ 45 milhões para R$ 273 milhões. Entendemos que outras medidas, como a racionalização dos processos de liberação de licenças para a construção, seriam mais produtivas e eficientes do que o reajuste dos impostos. Isso faria com que a economia girasse mais rápido e anteciparia o recolhimento da receita, além de fomentar o investimento na cidade , diz Gizzi.

Também participaram do encontro os presidentes da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi-PR), Gustavo Selig; do Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR), Luis Antonio Laurentino; e da Associação Comercial do Paraná (ACP), Antonio Miguel Espolador Neto.

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-MA
Sinduscom-VT
Sinduscon-DF
ASSECOB
Ademi – PR
APEMEC
Sinduscon-Mossoró
Ademi – DF
Sinduscon-CE
Sinduscon – Norte
Sinduscon-RS
Sinduscon-AM
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X