Logo da CBIC

Agência CBIC

21/01/2014

Setor de materiais cresce menos do que o esperado

"Cbic"
21/01/2014

Valor Econômico

Setor de materiais cresce menos do que o esperado

Por De São Paulo 

 A indústria de materiais de construção cresceu menos do que o esperado no ano passado, mas ainda assim o faturamento conjunto dos fabricantes chegou ao patamar recorde de R$ 137,5 bilhões. Esse desempenho foi resultado da expansão de 3% na comparação com 2012, além da inflação, segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), Walter Cover.

Até a semana passada, a entidade projetava aumento de 4% para 2013. De janeiro a novembro, as indústrias de materiais tinham elevado suas vendas em 3,8%. "Tivemos um mês de dezembro péssimo. Há muitos anos, isso não ocorria", conta o presidente da Abramat. Em dezembro, as vendas de materiais de construção tiveram queda de 6,1% comparado com o mesmo mês de 2012 e redução de 16,1% em relação a novembro.

"O desempenho de dezembro foi um ponto fora da curva", afirma Cover. Segundo ele, uma das razões prováveis para isso é que o varejo estava estocado e, por isso, tenha reduzido as compras de materiais da indústria. A comercialização para as construtoras também se retraiu no mês.

Para 2014, a Abramat projeta crescimento de 4,5% no faturamento dos fabricantes de materiais. A entidade estima que as vendas da indústria para o varejo terão alta de 6%. Já para o segmento de infraestrutura e para o mercado imobiliário, aumento de 3% cada um. O varejo responde por 50% das vendas dos fabricantes de materiais de construção.

A projeção da Abramat para o setor leva em conta mais estímulos do governo federal ao setor varejista, recuperação do mercado imobiliário e aceleração das obras de infraestrutura.

Neste ano, diz o presidente da entidade, a expansão das vendas das indústrias será resultante, principalmente, da demanda dos consumidores de produtos de acabamento para reformas. O setor continuará a comercializar mais itens de acabamento do que de base, mas a diferença tende a diminuir. Em 2013, as vendas de materiais básicos cresceram 1,2%, enquanto as de acabamento tiveram alta de 6,2%. (CQ) 

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Outubro/2020

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

30Out10:0012:30Roadshow: formação de preços e relações contratuais10:00 - 12:30 Mato Grosso do Sul - Online

30Out16:0017:30Webinar Coleta e Apuração do Índice Nacional de Custo da Construção - INCC/FGVV16:00 - 17:30 Via Zoom

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-AC
ASEOPP
Sinduscon-PB
Sinduscon – Grande Florianópolis
Sinduscon-PE
Sinduscon-DF
Sinduscon-SP
Sinduscon-MT
AEERJ – Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro
Sinduscon-CE
Sinduscon-JF
Sinduscom-NH
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X