Setor da construção aposta em inovação para crescer e construir um País melhor, ciente de que não basta ser eficiente, tem que inovar

Novos modelos de construção serão apresentados no próximo mês de maio durante o 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic)

Inovação é a palavra-chave para o desenvolvimento do setor da construção e do País e exemplos como os da empresa Vitacon Incorporadora e Construtora – que, há cerca de 9 anos no mercado imobiliário de São Paulo, já desponta como a maior construtora brasileira de unidades compactas residenciais e comerciais – reforçam o entendimento do setor. Mais do que uma solução para a escassez de moradias, a empresa propõe um novo estilo de vida urbano, com mobilidade e economia no compartilhamento de espaços, simplificando a vida dos moradores, o que a tornou líder no segmento e referência no conceito da vida sob medida, apesar de também construir empreendimentos com unidades maiores, de até 144 metros quadrados. O destaque, no entanto, são os apartamentos lançados no ano passado, com 10m² e uma fila de espera de três interessados por unidade.

Líder no movimento e conhecido por inovar no desenvolvimento e construção dos menores empreendimentos residenciais e comerciais, bem como propor novos modelos de financiamento, o CEO da Vitacon, engenheiro Alexandre Lafer, é um dos palestrantes já confirmados para o 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), que será realizado pela Associação dos Sindicatos da Indústria da Construção Civil do Estado de Santa Catarina (Asics), com a promoção da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), nos dias 16, 17 e 18 de maio, em Florianópolis, Santa Catarina. “O Enic é uma excelente oportunidade para a troca de experiências e de informações sobre o setor da construção. Neste ano, o foco será inovação e tecnologia, tendo como tema central Inovar e crescer, construindo um país melhor”, destaca o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

 

INOVAR PARA CRESCER

Nas últimas duas décadas, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dobrou o número de “famílias” que são unipessoais, ou seja, pessoas que moram sozinhas. Houve uma queda no número de casais com filhos e aumentou o número de casais sem filhos, o que reforça que cresce no País a demanda por imóveis residenciais menores.

Unidades como as de 10m², menor apartamento da América Latina, localizado em Higienópolis, na capital paulista, contam com áreas comuns que são compartilhadas, como o coworking, lavandeira, cozinha compartilhada, cinebar, guarda-entregas para delivery, ferramentas compartilhadas e academia equipada, e têm sido cada vez mais procuradas.

Apesar de não terem, por exemplo, vagas de garagem, os imóveis estão bem localizados e com fácil acesso a metrô, ônibus, ciclovias e ciclofaixas, o que tem agregado valor ao produto e despertado cada vez mais o interesse de pessoas que desejam uma vida longe de engarrafamentos e estão dispostas a irem para o trabalho caminhando ou de bicicleta.

Inovador, o movimento estimula a integração, a sustentabilidade e a colaboração para transformar a vida das pessoas. Para o vice-presidente da CBIC e diretor da Goldsztein Administração e Incorporações Ltda, Ricardo Antunes Sessegolo, o painel será uma ótima oportunidade para os empresários de outras regiões tomarem conhecimento de produtos inovadores e com sucesso e, quem sabe, até uma oportunidade de negócio. “No mercado imobiliário, quando a gente pensa que não tem mais nada para acontecer, vem a Vitacon com um produto pequeno para atender, por exemplo, executivos que viajam do Rio Grande do Sul para São Paulo”, destaca Sessegolo, completando que “será interessante saber como a empresa teve essa ideia, como formatou esse produto e como alavancou o negócio. Quem sabe a empresa não pode expandir para outras cidades do Brasil, tendo ele como participante”, diz Sessegolo, que será o mediador do painel do dia 17 de maio da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da CBIC, que abordará o tema Incorporação Imobiliária – Tendências e Novos Produtos. Na ocasião, o público, composto por empresários e profissionais do setor da construção, representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e a imprensa, terão a oportunidade de conhecer essa nova tendência urbana e os produtos que vêm ganhando adeptos pelo País no compartilhamento de moradias.

 

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS

Durante o painel da CII/CBIC, cujo programa de trabalho no 90º Enic conta com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional), os participantes além de conhecerem os novos produtos e as tendências do mercado imobiliário nacional, também terão uma visão de futuro para as habitações no Brasil, que será apresentada pelo vice-presidente Interino de Habitação da Caixa Econômica Federal, Paulo Antunes. “Precisamos construir uma visão de futuro para Habitação, alinhada as novas tendências, tecnologias e sobretudo jeito de viver da sociedade Brasileira”, destaca Antunes. Já Rodrigo Bicalho, sócio da Bicalho e Mollina Advogados, abordará a concepção do produto arquitetônico e a formatação jurídica de negócios como coliving, multipropriedade, coworking, moradia estudantil, entre outros.

A 33 dias do 90º Enic, os interessados ainda podem se inscrever pelo site do evento, clicando aqui  e ter acesso a programação completa do maior encontro anual do setor da construção, que abordará temas que podem fazer a diferença no dia a dia da sua empresa.

 

Compartilhe!

Eventos

 
 

Agenda da Construção

Abril, 2018

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

19Abr(Abr 19)08:002018:00CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO EM REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Núcleo de Seguros

 
Convenio de Seguros
 

Afiliações

 
CICA
FIIC
CNI
 

Publicações

Clique aqui para acessar todas as publicações da CBIC.

Parceiros

Clique aqui e conheça os parceiros da CBIC.

X
/* ]]> */