Logo da CBIC

Agência CBIC

04/06/2012

Saneamento básico leva qualidade de vida a moradores de Uberlândia

Matéria exibida na última sexta-feira (1º), no Jornal Nacional, mostra um exemplo positivo de saneamento básico no Brasil.

A equipe do JN no Ar foi a Uberlândia, região do Triângulo Mineiro, e mostrou a qualidade de vida na cidade, advinda das obras de saneamento básico.

De acordo com o Censo de 2010 do IBGE, quase 18 milhões de brasileiros convivem com esgoto a céu aberto.

A população de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, no entanto, não aparece essa estatística: praticamente todas as casas da cidade têm rede de esgoto. Em 2002, as tubulações chegavam a pouco mais de 30% das casas. Hoje o serviço foi universalizado

Apenas algumas chácaras, na zona rural da cidade, ainda usam fossas sépticas.

O impacto na saúde foi imediato.

Em 2008, as unidades básicas de saúde da Vila Marielza registraram 43 casos de doenças ligadas à falta de saneamento.

Depois disso, o número de casos despencou.

Ao todo, 96% do esgoto coletado em Uberlândia vão para uma grande estação de tratamento.

A primeira parte do processo é a retirada do material sólido: plástico, papéis, restos de comida, folhas.

Por mês, 450 toneladas de resíduos são jogadas em caçambas e vão para o aterro sanitário. Isso significa que isso tudo não vai para o rio.

Em três meses fica pronta a expansão da estação de tratamento para atender pouco mais de um milhão de habitantes.

A rede de esgoto agora chega a bairros ainda em formação.

Fonte: Jornal Nacional.

Clique aqui para acessar a íntegra da matéria.

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
APEOP-SP
Ademi – DF
Sinduscon-MA
Aconvap
APEMEC
Sinduscon-PB
Sinduscon-CE
Sindicopes
SECOVI-SP
Sinduscon-AC
Ademi – PR
SINDUSCON – SUL
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC