Logo da CBIC

CBIC`s Agency

25/03/2015

Reaproveitamento de resíduos é saída para melhorar competitividade

"Cbic"
25/03/2015

Brasil Econômico – 25 de março 

Reaproveitamento de resíduos é saída para melhorar competitividade 

Restos de tijolos, blocos, telhas, placas de revestimento e argamassa são reutilizados na produção de concretos

Ao mesmo tempo em que é um dos setores mais importantes ao desenvolvimento econômico e social do País, a construção é também o que mais consome matérias -primas naturais e não renováveis e, consequentemente, é o maior gerador de resíduos. E como há resoluções para que eles te nham destinação correta, o que tem um custo, quanto menos for produzido ou quanto mais for reaproveitado, melhor.

"As inovações atuais são voltadas para a sustentabilidade da construção na fabricação de produtos que empregam materiais re ciclados e que, ao serem produzidos, consomem menos energia", destaca a coordenadora do curso de tecnologia em construção de edifícios e estradas da Faculdade de Tecnologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Rosa Cristina Cecche Lintz. "A aplicação desses itens no processo é tecnologia sustentável, que viabiliza economicamente, inclusive, a construção de unidades habitacionais de interesse social", complementa o professor do curso Mauro Menzoni.

Rosa cita alguns exemplos de materiais reciclados que podem ser utilizados nas obras, a exemplo de miúdos e graúdos provenientes de resíduos da própria construção – como tijolos, blocos, telhas, placas de revestimento, argamassa, peças pré-moldadas em concreto e tubos -, ou de outros segmentos – pneus inservíveis, rochas naturais, como mármore e granito, e lodo de esgoto. Tudo isso é geralmente coletado em canteiro de obras e, em seguida, transportado a empresas recicladoras, e vendido novamente ao próprio setor para serem utilizados na produção de concretos, tijolos, argamassas e base para pavimentes. A faculdade está, inclusive, estudando melhor aproveitamento desses itens.

"A inovação tecnológica viabiliza os custos e o tempo de execução em qualquer área de atuação. Na construção civil ela é vital para o desenvolvimento, pois, em tempos difíceis, só viabiliza e progride quem inova", assegura Menzo ni. Ele conta que a Prefeitura de Limeira, no interior paulista, está organizando o seu Parque Tecnológico para abrigar micro, pequenas e médias empresas do ramo, oferecendo ajuda jurídica e tecnológica, em parceria com a Unicamp.  

 SOBE-E-DESCE  

 As inovações atuais são voltadas para a sustentabilidade da construção na fabricação de produtos que empregam materiais reciclados e que, ao serem produzidos, consomem menos energia

A construção é o setor que mais consome matérias-primas naturais e não renováveis e, consequentemente, é o maior gerador de resíduos

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

27oct10:0012:00Reunião da Comissão de Política de Relações Trabalhistas - CPRT / CBIC10:00 - 12:00 Via Zoom

Partners and Affiliations

Partners

 
Sindicopes
Sinduscon-CE
Sinduscon-JP
Sinduscon-Mossoró
Sinduscon-PE
Sinduscon-Caxias
Sinduscon-RIO
Sinduscon-AP
Sinduscon-PB
Sinduscon-Norte/PR
Ademi – DF
Sinduscon-AM
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X