Logo da CBIC

AGÊNCIA CBIC

01/03/2024

Profissionais do Confea/Crea agora têm acesso ilimitado às normas da ABNT

Em acordo renovado na quarta-feira (28), profissionais registrados e adimplentes com o Sistema Confea/Crea e Mútua ganharam um benefício significativo: o acesso ilimitado às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e da Associação Mercosul de Normalização (AMN). Anteriormente, o acesso prévio tinha um limite de 60 minutos, mas agora esse prazo foi removido.

O presidente do Confea, engenheiro de telecomunicações Vinicius Marchese, ressalta a importância da iniciativa, afirmando: “Essa é uma parceria que, se iniciada no Confea e na ABNT, chega direto na ponta, beneficia por completo o profissional. O engenheiro que está no campo anda com a norma ABNT embaixo do braço e, nessas horas, ele se lembra que o Confea está aqui para ser parceiro dele.”

Em 2023, o site da ABNT registrou um total de 242.193 horas de pré-visualização de normas, representando um aumento significativo de 544% em relação ao ano anterior.

O vice-presidente de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (COMAT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Dionyzio Klavdianos, ressalta que os primeiros sinais são alvissareiros. Na manhã seguinte ao anúncio da disponibilização do serviço, mais de 400 mil acessos ao site da ABNT foram realizados, o que até derrubou o sistema. “Que este seja um sinal auspicioso de uma mudança radical, maior que a provocada pela entrada em vigor da ABNT – 15575 – a Norma Técnica de Desempenho em 2012, decisiva para a  mudança  do patamar do estado da  arte da construção civil imobiliária”, frisou.

Para Klavdianos, a falta de leitura é uma das características do Brasil e o acesso limitado a recursos como a ABNT podem criar barreiras ainda maiores. “Mal do Brasil, o baixo aculturamento da população pela leitura se reflete na literatura técnica. Além disso, outras barreiras parecem dificultar o acesso ao que se tem de mais importante para a execução de uma obra com qualidade e desempenho absolutos, o cumprimento das Normas Técnicas”, declarou.

“Aos construtores, importante lembrar que não há defesa mais visceral contra a judicialização de processos surgidos na entrega das obras do que a construção de acordo com os parâmetros dispostos nas Normas Técnicas”, concluiu, reforçando que “a CBIC congratula os presidentes do Confea, Vinicius Marchese, da Mútua, Francisco Almeida, e da ABNT, Mário Willian Esper, pelo acordo.”

Clique aqui e acesse as normas, gratuitamente!

COMPARTILHE!

Abril/2024

Parceiros e Afiliações

Associados

 
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
Sinduscon – Vale do Piranga
Sinduscon-SP
Sinduscon-RS
Sinduscon-Norte/PR
Sinduscon-BA
Assilcon
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Sinduscon-GO
Ascomig
Sinduscon-Oeste/PR
ASBRACO
 

Clique Aqui e conheça nossos parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 

Parceiros

 
Multiplike
Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea