Logo da CBIC

Agência CBIC

15/04/2015

Preço dos aluguéis em nove cidades acumula queda real de 3% em 2015

"Cbic"
15/04/2015

O Globo Online – 15 de abril

Preço dos aluguéis em nove cidades acumula queda real de 3% em 2015

Prédio é refletido em janelas de construção – Fabio Rossi/ 6-3-2015

Inflação alta corrói o valor dos novos contratos de aluguel e registram queda em termos reais pelo 10º mês consecutivo, segundo FipeZap

Publicidade

RIO – O preço do aluguel

 em nove cidades brasileiras medido pelo índice FipeZap, com base em anúncios on-line, acumulou entre janeiro e março deste ano uma alta de 0,85%, com queda em termos reais de 2,98%. Isso por que a inflação registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no mesmo período foi de 3,83%.

Desde junho de 2014, a alta de preços tem feito com que os valores de aluguéis apresentem recuo mensal em termos reais (quando descontada a inflação). Nos últimos 12 meses, a inflação teve um efeito corrosivo: a queda nos valores de locação em março de 2015 na comparação com o mesmo mês de 2014 chegou a 6,11%.

Em março, além de uma queda em termos reais de 1,01%, a variação do preço de locação foi inferior à do IGP-M (usado normalmente como parâmetro para o reajuste de contratos vigentes): alta de 0,31% contra 0,98%.

Quando analisada a rentabilidade do investidor que opta por locar seu imóvel ao invés de vendê-lo, observa-se que o mercado imobiliário está menos atrativo em relação a outras opções de investimento. Em março de 2015, o retorno médio com aluguel foi de 4,9% ao ano. Ao mesmo tempo, a taxa de juros real no Brasil foi de 6,1%, segundo o Banco Central. No Rio e em Brasília, a rentabilidade anual do aluguel foi de 4,3%, e em São Paulo, 5,2%. Desde setembro de 2014 a "taxa do aluguel" está abaixo dos juros reais.

Na comparação mensal, entre fevereiro e março de 2015, Salvador e São Bernardo do Campo registraram os maiores aumentos, com altas de 2,07% e 1,85%, respectivamente. Já Curitiba (-1,24%), Santos (-0,21%) e Brasília (-0,09%) foram as cidades que registraram queda nominal no preço médio.

O preço médio anunciado para locação por m² nas nove cidades pesquisadas em janeiro de 2015 foi de R$ 34 ao mês. A cidade com o m² mais caro foi o Rio de Janeiro (R$ 41 ao mês), seguida por São Paulo (R$ 38 ao mês) e Brasília (R$ 31 ao mês). O aluguel mais barato foi em Curitiba (R$ 16 ao mês).

Os preços anunciados para locação considerados para o cálculo do índice são para novos aluguéis. Ou seja, o índice FipeZap não mede a variação dos contratos vigentes.

 

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Outubro/2020

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

30Out10:0012:30Roadshow: formação de preços e relações contratuais10:00 - 12:30 Mato Grosso do Sul - Online

30Out16:0017:30Webinar Coleta e Apuração do Índice Nacional de Custo da Construção - INCC/FGVV16:00 - 17:30 Via Zoom

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-JP
Sinduson – GV
Sinduscon PR – Noroete
ADEMI – BA
Sinduscon-Teresina
Sinduscon-ES
Sinduscon-TAP
SECOVI-PR
Sinduscom-VT
Sinduscon-Norte/PR
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Sinduscon – Grande Florianópolis
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X