Logo da CBIC

Agência CBIC

04/11/2010

Planos para atrair e reter mão de obra escassa

CBIC Clipping

04/11/2010 :: Edição 001

Jornal Diário do Comércio/MG   |   04/11/2010

Planos para atrair e reter mão de obra escassa

O aumento da demanda por executivos foi o que motivou o presidente do grupo Nortearh, Carlos Alberto Caram Farah, a inaugurar, em junho deste ano, a Caram Hunting, que iniciou suas atividades com demanda reprimida. "Até a crise, os salários estavam crescendo muito. Com a crise, essa tendência foi interrompida mas voltou de forma acelerada a partir de abril deste ano, em função do bom momento econômico nacional", explicou.

 Para tentar conter o assédio crescente do mercado aos executivos que já estão "ocupados", as companhias têm investido em planos específicos de remuneração para atrair e reter essa mão de obra escassa e, por isso, supervalorizada. Os projetos incluem upgrade   e cargo e salário e, ainda, muitas metas a bater. Para o consultor, as organizações que ainda não aderiram à remuneração por resultados para executivos estão prestes a fazê-lo. Com esta estratégia, além de garantir a performance dos negócios, ela também assegura a permanência dos profissionais.

 Na conta, além dos profissionais de nível estratégico, as empresas também têm procurado por aqueles táticos que, além de planejar o futuro da companhia, "colocam a mão na massa" para transformar o plano em realidade. Geralmente, comentou Caram, são executivos que adquiriram experiência nas médias organizações.

 Construção  – A demanda por executivos é um fenômeno do mercado de trabalho que não tem poupado nenhum segmento econômico. Há alguns, no entanto, que têm demonstrado uma preocupação maior com o corpo de executivos, como a indústria da construção civil.

 Sem divulgar números ou percentuais, o coordenador de Recursos Humanos (RH) da Construtora Atrium, Paulo Henrique Faleiro dos Santos, afirmou que a empresa está em fase de implementação de um plano de cargos e salários específico para os gestores, com direito a distribuição de resultados e compensação financeira por tempo de serviço na companhia.

 "Nos últimos dois anos, reformulamos completamente o nosso quadro operacional. Criamos novas diretorias e gerências e aproveitamos profissionais "da casa" para ocupar esses cargos estratégicos", enfatizou. A Atrium não escapa do assédio do mercado, em relação aos seus executivos, mas consegue manter a rotatividade sob controle e, ainda, atrair profissionais do mercado para os cargos estratégicos, que exigem especialistas.

 Para o gestor, o sucesso da "empreitada" é fruto da constatação, pelos profissionais, de que ao integrar o quadro funcional da construtora, eles também estão investindo na própria carreira, com boas perspectivas de crescimento. (LS)

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
APEMEC
Sinduscon-Mossoró
Sinduscon – Vale
Sinduscon – Grande Florianópolis
Ascomig
Sinduscon-AP
Sinduscon-Joinville
Sinduscon-MS
APEOP-SP
Sinduscon-AC
Ademi – GO
ADEMI – BA
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X