Logo da CBIC

CBIC`s Agency

18/03/2015

País criou 42 mil vagas em fevereiro, dizem analistas

"Cbic"
18/03/2015

Valor Online – 18 de março

País criou 42 mil vagas em fevereiro, dizem analistas

A desaceleração da atividade econômica deve continuar a mostrar seus efeitos sobre o mercado de trabalho – especialmente sobre as contratações formais contabilizadas pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

 A estimativa média de 13 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data aponta uma abertura de 42 mil postos com carteira assinada em fevereiro. As projeções para os números que serão divulgados hoje pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) variam entre fechamento líquido de 23,5 mil postos e abertura de 95 mil vagas. No mesmo mês de 2014, o saldo foi positivo em 260,8 mil.

 O número reflete em parte a dinâmica fraca de contratações do Carnaval – realizado neste ano em fevereiro e, em 2014, no mês de março -, mas reitera, de acordo com economistas, o cenário de maior enfraquecimento do mercado de trabalho.

 A principal contribuição negativa, de acordo com a LCA Consultores – que estima abertura de 10,1 mil vagas -, deve vir da construção civil, com 17 mil demissões líquidas. O saldo positivo de fevereiro, segundo Fabio Romão, deve ser sustentado especialmente pelo setor de serviços. Graças às admissões realizadas nesta época por escolas e outras instituições de ensino, o setor deve ter saldo de 46,2 mil vagas, resultado que continuaria bastante atrás do registrado em fevereiro de 2014, de 156 mil.

 A indústria deve ter reduzido o número de contratações observadas em janeiro – 27,4 mil – para 2,2 mil no mês passado. A tendência dos próximos meses para o setor, afirma Romão, é de uma deterioração ainda maior, já que não há expectativa de recuperação da produção no curto prazo.

 Diante da projeção de queda de 4,6% no indicador – resultado ainda pior do que o do ano passado, quando a produção recuou 3,5% -, a estimativa da LCA é de fechamento de cerca de 140 mil vagas formais no setor em 2015, na série que considera apenas as informações enviadas ao MTE no prazo legal. Em 2014, pelo mesmo critério, a indústria perdeu 186 mil vagas com carteira.

 Os serviços, segundo Rafael Bacciotti, da Tendências Consultoria, deve dar sequência à perda de fôlego que teve início no segundo semestre do ano passado, quando o saldo do setor foi 74% menor do que no mesmo período de 2013. No primeiro semestre de 2014, os serviços chegaram a abrir mais postos de trabalho do que no mesmo intervalo do ano anterior.

 O saldo projetado pela consultoria para fevereiro, de 80 mil, representa na verdade um fechamento de 28 mil postos, se excluídos os efeitos sazonais. "Prevalece o ambiente de demissões visto em janeiro", ressalta Bacciotti.

 O saldo projetado pela INVX Global Partners, de 38,9 mil vagas, caso se concretize, será o menor para o período desde 2009, quando a economia abriu 9,2 mil vagas formais. Apesar da realização do Carnaval em fevereiro e de seu impacto negativo em setores como comércio e serviços, a sazonalidade do mês passado favoreceu a indústria, que geralmente retoma as contratações depois da dispensa de temporários no fim do ano, avalia Eduardo Velho, economista-chefe da instituição. O padrão sazonal para o mês, diz, deverá confirmar mais fechamento de postos em construção e agricultura.

 
 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
APEMEC
Ademi – PR
Sinduscon-Teresina
Sinduscon-PB
Sinduscon-Joinville
Sinduscon-Oeste/PR
Sinduscon-RN
FENAPC
Sindicopes
Sinduscon-DF
Sinduscon-RO
ADIT Brasil
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X