Logo da CBIC

Agência CBIC

23/11/2010

PAC 2 no colo da nova equipe

CBIC Clipping

23/11/2010 :: Edição 013

Jornal Jornal do Commercio RJ/RJ|   23/11/2010

PAC 2 no colo da nova equipe

ALANA RIZZO

 Lançada no início deste ano pelo atual governo, a segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) ficará sob a responsabilidade da equipe da presidente eleita, Dilma Rousseff (PT). Como a maioria das pastas ainda não começou a selecionar obras, os novos ministros definirão os projetos incluídos no programa. O PAC 2 tem orçamento de R$ 1,4 trilhão.

 O lançamento do programa em março foi como o ato final de Dilma na coordenação da Casa Civil. Em seguida, ela deixou o cargo para disputar as eleições presidenciais.  Durante toda a campanha, a agenda do governo federal e a da candidata foram casadas.

 Grande parte das promessas da petista estavam no relatório do PAC 2. Entre elas, a construção de 6 mil creches. O Ministério da Educação informou que ainda não começou a discutir a ampliação da oferta de educação para crianças de 0 a 5 anos. Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde), não há definição de municípios que serão beneficiados nos próximos quatro anos com os R$ 7,6 bilhões previstos para o Proinfância (Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil). A proposta de Dilma é reduzir o déficit de atendimento na faixa etária fundamental para preparação do aprendizado.

 O projeto faz parte do PAC Comunidade Cidadã, que abrange outra bandeira petista: as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). O modelo adotado pelo governador reeleito do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, para reduzir a violência nas comunidades carioca foi incorporado por Dilma. A presidente eleita prometeu exportar as UPPs para outros estados e construir pelo menos 2,8 mil postos de polícia comunitária. O custo estimado é de R$ 1,6 bilhão.

 SAÚDE.

O PAC 2 prevê ainda a construção de 500 Unidades de Pronto Atendimento, responsáveis pelo tratamento médico de urgências de baixa e média complexidade. O Ministério da Saúde também não selecionou as prefeituras contempladas. O investimento de R$ 2,6 bilhões foi propagandeado pela campanha petista. As unidades devem oferecer serviços de clínica geral, pediatria, radiologia e laboratório 24 horas. Na quarta-feira, o Ministério das Cidades anunciou as primeiras obras selecionadas para o PAC 2. Uma portaria definiu os projetos na área de saneamento, habitação, pavimentação e mobilidade urbana.

"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

  

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Ademi – PR
Ademi – MA
Sinduscon-ES
Sinduscon – CO
APEOP-PR
Sinduscon-MT
Sinduscon-Caxias
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Sinduscon-BC
Sinduscon-RR
Sinduscon – Norte
Sinduscon-Joinville
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X