Logo da CBIC

CBIC`s Agency

16/06/2017

O futuro da minha cidade: vamos fazer!

Sociedade organizada de Caxias do Sul (RS) adere ao projeto e já se organiza para planejar como será o município em 2037 Da esquerda para a direita: vereador Edio Elói Frizzo, representando a Câmara Municipal de Caxias do Sul; Adrio Rafael Paula Gelatti, promotor de justiça especializado na Defesa da Habitação e Urbanismo de Caxias do Sul; Silvio Barros, engenheiro e ex-prefeito de Maringá/PR; Laura Sobral, arquiteta e urbanista; Fernando Antonio Granjo Mondadori, secretário de Planejamento Municipal, representando o prefeito da cidade de Caxias do Sul;Oliver Chies Viezzer, presidente do Sinduscon-Caxias, e a jornalista Marisol Santos, mediadora do debate. Surpreendendo as expectativas, os apaixonados por Caxias do Sul (RS), membros da sociedade organizada do município, aderiram à proposta “O Futuro da Minha Cidade” durante o próprio evento de sensibilização do projeto, realizado na última terça-feira (13/06), no Hotel Intercity, com a participação de 250 representantes da liderança local. “Vamos fazer!”, essa foi a decisão da sociedade caxiense, para surpresa do ex-prefeito de Maringá Silvio Barros, responsável por apresentar a iniciativa, baseada no modelo bem sucedido do município paranaense.

Em dois anos, o projeto “O Futuro da Minha Cidade”, desenvolvido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio da sua Comissão do Meio Ambiente (CMA) e com a correalização do Sesi Nacional e patrocínio nacional da Caixa Econômica Federal, já alcançou interessados por sua aplicação nas cinco regiões do País, totalizando agora 19 cidades. As lideranças presentes de Caxias do Sul já se comprometeram a não apenas discutir o assunto, mas a serem protagonistas e não reféns de como será Caxias do Sul em 2037, com disposição inclusive para integrar as câmaras técnicas setoriais que serão criadas, nos moldes das que compõem o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), que disponibiliza sua estrutura para atender as demandas daquele município.

Com caráter deliberativo e consultivo, o Conselho de Caxias do Sul será composto por membros voluntários e de entidades representativas dos segmentos organizados da sociedade que dedicarão tempo e investimento para propor e fazer executar políticas de desenvolvimento econômico local, por meio de propostas, projetos, programas ou planos que serão submetidos ao poder público, nas esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário, visando sua realização.

A decisão de aderir ao projeto, segundo o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Caxias do Sul (Sinduscon-Caxias), Oliver Chies Viezzer, é resultado de um trabalho conjunto entre a sociedade organizada, instituições de ensino e o poder público. “O objetivo é elaborar um plano de Desenvolvimento Estratégico para Caxias do Sul que equilibre os enfoques econômico, social e ambiental”, destacou Oliver Viezzer.

Motivos da adesão

Entre 2005 e 2015, a população de Caxias do Sul cresceu 17,2%, enquanto a média das cidades gaúchas foi de 5%. Neste período, segundo Oliver Viezzer, o índice de motorização aumentou mais de 50%, sendo de 6,3 veículos a cada 10 habitantes. O PIB per capita está classificado no limite superior do ranking do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sendo 50% superior à média do Rio Grande do Sul e 70% acima da brasileira. Além disso, Caxias está localizada no segundo maior polo metalmecânico do Brasil. Esse status, bem como esses dados, segundo Oliver Viezzer, foram conquistados ao longo dos anos, graças à competência da sociedade local.

No entanto, Oliver Viezzer destacou que, apesar de dados históricos positivos, Caxias do Sul foi uma das cidades que mais sofreu os efeitos da crise econômica nacional. “Perdemos mais de 24 mil postos de trabalho formais nos últimos três anos, consequência da brusca queda do PIB com declínio de mais de 20% neste mesmo período”, mencionou. “Precisamos voltar a ser protagonistas! Para isso ocorrer, precisamos contribuir com o Poder Público no planejamento do futuro da nossa cidade”, enfatizou.

Além do ex-prefeito de Maringá Silvio Barros, o evento também contou com a participação da arquiteta e urbanista Laura Sobral que destacou a importância do direito à cidade, com o uso dos espaços públicos pela população. “Espaços públicos de qualidade têm um papel central em cidades prósperas, sendo espaços de encontro, atividades cidadãs, espaços inclusivos, democráticos e diversos”. Segundo Laura Sobral, a boa utilização dos espaços públicos contribui para aspectos econômicos, culturais, de segurança e saúde da população local. Também participaram do evento o secretário municipal de Planejamento, Fernando Antonio Granjo Mondadori, representando o prefeito Daniel Guerra; o vereador Edio Elói Frizzo, representando a Câmara Municipal de Caxias do Sul; o reitor da Universidade de Caxias do Sul, Evaldo Antonio Kuiava; o promotor de Justiça especializado em Defesa da Habitação e da Ordem Urbanista de Caxias do Sul, Adrio Rafael Paula Gelatti; o secretário municipal de Habitação Elizandro Fiuza; o secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego, Carlos Heinen; a secretária municipal do Meio Ambiente, Patrícia Rasia, e a secretária municipal de Urbanismo, Mirangela Rossi.

IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DOS ESPAÇOS PÚBLICOS

Visão da arquiteta e urbanista Laura Sobral

“Bons espaços públicos incentivam a economia local”.

“Espaços públicos são espaços para atividades inclusivas, incentivando o senso de pertencimento e identidade local”.

“Cidades com espaços públicos bem iluminados e ocupados são mais seguras”.

“Espaços públicos de qualidade reduzem o stress e incentivam a mobilidade ativa, o que traz benefícios de saúde à população”.

“Cidades com mais espaços públicos tendem a diminuir a temperatura urbana e contribuir com a educação ambiental”.

Em Caxias do Sul, o evento de sensibilização foi realizado pelo Sinduscon-Caxias e contou com apoio da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas de Caxias do Sul (ADCE), Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (Asbea), Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU Caxias do Sul), Câmara de Dirigentes Logistas (CDL Caxias do Sul), Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC Caxias do Sul), Universidade de Caxias do Sul (UCS), Câmara Municipal de Caxias do Sul e o município de Caxias do Sul. Conheça mais sobre o projeto “O Futuro da Minha Cidade”, clicando aqui.

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

27oct10:0012:00Reunião da Comissão de Política de Relações Trabalhistas - CPRT / CBIC10:00 - 12:00 Via Zoom

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon Sul – MT
Sindicopes
Sinduscon – CO
Ademi – DF
Ademi – SE
Sinduscon-BC
Sinduscon-MG
FENAPC
Ademi – GO
Sinduscom-NH
Sinduscon-AM
Sinduscon-Teresina
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X