Logo da CBIC

Agência CBIC

30/03/2011

Novidades na construção

 

30/03/2011 :: Edição 067

Jornal Brasil Econômico/BR   |   30/03/2011

novidades na construção

Cláudio Conz Presidente da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco)

O que vimos na Semana Internacional da Construção, que reúne os grandes
players do setor na Feicon Batimat, em São Paulo, foi um reflexo do momento
especial que a construção civil
vive hoje no Brasil.

Com a presença das principais marcas e novidades do mercado da construção, a
feira reuniu em 80 mil metros quadrados mais de 150 mil visitantes de 35
países, 750 marcas nacionais.

Do ponto de vista tecnológico, a indústria trouxe muitas inovações, pensando
bastante na economia dos recursos e em como otimizar a energia. Lançamentos em
automação residencial foram destaque. Um aparelho que mede o consumo de energia
em tempo real, calculando a média do gasto do mês e por eletrodoméstico ligado
dividiu espaço com comandos inteligentes de automação por radiofrequência e
celular.

Novas formas de construir casas também chamaram a atenção dos visitantes. A
ideia é oferecer ao consumidor moradias
cada vez mais rápidas e baratas. Foi apresentado um modelo de residência todo
feito em cerâmica, que, quando inserida no mercado, terá com público-alvo as
classes C e D, por ser consideravelmente mais barata que as casas
convencionais. Para se ter uma ideia, a casa apresentada na feira, com56metros
quadrados, contendo dois quartos, sala, cozinha, banheiro e hall de entrada,
tem custo de R$ 33 mil.

Outra casa, construída com placas de estrutura de madeira e com perfis leves
de aço em substituição aos tijolos, cimento e ferro também despertou a
curiosidade do público. Para erguê-la (no caso de um imóvel com 40 metros
quadrados) são necessários somente quatro dias e cerca de R$ 23 mil.

Essas construções são resistentes a ventos e chuvas já são realidade em
alguns países, como Estados Unidos e Japão. Esta é uma ótima solução para
ajudar o país oriental a se reconstruir rapidamente após o desastre recente do
terremoto e tsunami. Aqui no Brasil, construções rápidas e a custos mais baixos
como estas também podem ajudar a acelerar as obras do Minha Casa,Minha Vida e
ajudar a reduzir o déficit habitacional brasileiro de 7milhões de moradias.

Os produtos e tecnologias que foram apresentados na Feicon deste ano são
bons exemplos de como se pode atuar na questão sustentável sem perder conforto
e qualidade estrutural. Uma questão que sempre costumo ressaltar é em relação
ao consumo de água e o que vimos foi uma preocupação das empresas em
desenvolver produtos mais eficientes e que gastem menos água, como válvulas de
descarga que só liberam a quantidade necessária para cada acionamento, com
fluxos de água diferentes para o consumidor escolher, de acordo coma
necessidade.

Estas novidades estarão em breve à disposição de nosso mercado que, no caso
do consumidor de material de construção,
é bastante heterogêneo. Lembro que 77% da produção da indústria nacional
distribuída pelas lojas é para a construção autogerida. Temos cerca de 45
milhões de domicílios, dos quais um sexto ainda não tem banheiros, segundo
dados do IBGE.


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-CE
ADEMI – BA
Sinduscon-Joinville
Sinduscon-JF
ASBRACO
Abrainc
Sinduscon-TO
Sinduscon – Grande Florianópolis
SECOVI-PR
Sinduscon-ES
Ademi – RJ
Ademi – SE
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X