Logo da CBIC

AGÊNCIA CBIC

07/03/2024

Mulheres na construção: quebrando barreiras e construindo o futuro

No setor da construção, tradicionalmente dominado por homens, as mulheres estão conquistando cada vez mais espaço e mostrando sua força na construção do mundo moderno. De acordo com o IBGE, entre 2007 e 2018 houve um aumento de 120% da presença de mulheres no setor, trazendo novas perspectivas, inovações e contribuições. 

Iza Valadão é uma figura proeminente no campo da engenharia civil e da sustentabilidade. Com um PhD em Materiais e Sustentabilidade e atuação como professora na Universidade Federal Fluminense (UFF). Além de seu trabalho acadêmico, Iza também teve uma passagem como consultora no programa “É de Casa”, da Rede Globo, entre 2016 e 2020, consolidando sua presença na mídia e se tornando uma influenciadora no setor de arquitetura e construção. Sua influência é ainda mais evidente ao assumir o papel de Embaixadora da Feicon, a Maior Feira de Materiais de Construção da América Latina. Atualmente, Iza Valadão também desempenha um papel importante como jurada do Prêmio Pedreiro Top Brasil e do Prêmio de Arquitetura Asbea/Saint Gobain. 

Para a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a engenheira compartilhou sua experiência e visão sobre os desafios das mulheres no setor.  

“Os desafios são muitos. E sim, ainda há distinção de gênero. Estamos falando de uma profissão que há muito tempo tem sido executada por homens. Isso acontece desde o tempo que as mulheres não podiam sair de casa sem seus maridos, não trabalhavam e nem votavam, por exemplo. Como sabemos, os tempos são outros e hoje muitas famílias são chefiadas por mulheres. E por isso é natural que as mulheres comecem a participar e a firmar presença em locais, antes destinados apenas a eles”, pontuou.  

“Espero que, assim como nos anos anteriores, cada vez mais as mulheres sejam valorizadas e incentivadas a se dedicar ao nosso setor”, diz Valadão. “Precisamos de todos, cada um com seu jeitinho especial.” 

Além disso, Iza ressalta a importância de programas de capacitação e apoio às mulheres que desejam ingressar ou avançar em suas carreiras na construção. 

 “Tanto a profissionalização do setor, quanto a ação de empresas e ONGs, como a Mulher em Construção, que há 18 anos se dedica a profissionalização de mulheres dentro da construção. Ações como incluir banheiros e vestiários separados, manter um ambiente saudável e respeitador dentro das obras ajuda muito na permanência e no aumento do número de mulheres interessadas em atuar em obras e reformas. Já ouvi muitos relatos de mulheres que preferem ser atendidas por outras mulheres, principalmente para aqueles pequenos reparos. Geralmente nos grandes centros urbanos, temos dificuldades em conseguir esse tipo de mão de obra”, enfatiza. 

Com a presença cada vez mais forte das mulheres na construção, o setor está se beneficiando de uma força de trabalho mais diversificada, inovadora e inclusiva. As mulheres estão quebrando barreiras, superando desafios e contribuindo significativamente para o desenvolvimento e o progresso da indústria da construção, construindo um futuro mais promissor e igualitário para todos. 

Ao longo da semana novas histórias de mulheres na construção serão contadas no site. Fique por dentro!     

O tema tem interface com o projeto “Responsabilidade Social na Indústria da Construção”, da Comissão de Responsabilidade Social (CRS/CBIC), com a correalização do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional).

COMPARTILHE!

Maio/2024

Parceiros e Afiliações

Associados

 
Sinduscon-Caxias
Ademi – ES
Ademi – PE
Sicepot-RS
Aconvap
SINDUSCON – SUL
Sinduson – GV
Sinduscon – Lagos
SECOVI-PR
ASBRACO
Sinduscom-NH
Sinduscon-TAP
 

Clique Aqui e conheça nossos parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 

Parceiros

 
Multiplike
Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea