Logo da CBIC
23/04/2019

Moradia digna e programas de habitação social serão destaque no Enic

Buscar soluções para o déficit habitacional é uma das bandeiras da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Para isso, debater como melhorar programas como o Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) é essencial. Com esse objetivo, o tema estará em pauta durante o 91º Encontro Nacional da Indústria da Construção, promovido pela entidade. O evento ocorrerá de 15 a 17 de maio, no Rio de Janeiro, com a participação de toda a cadeia produtiva e do governo. As inscrições estão abertas.

De acordo com o vice-presidente da área de Habitação de Interesse Social da CBIC, Carlos Henrique Oliveira Passos, diversos painéis da programação do Enic tratarão de assuntos importantes para as empresas que operam com o PMCMV. O cronograma completo de atividades está disponível online.

Em 16 de maio, ocorrerá um debate em torno da nova lei de licenciamento ambiental, com a participação do ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles. “É um tema que interessa muito ao mercado, porque o licenciamento é uma regra e obrigação para quem trabalha com o PMCMV”, diz Passos.

Em 17 de maio, as comissões de Habitação de Interesse Social (CHIS) e de Indústria Imobiliária (CII) se unirão em painel sobre o mercado imobiliário do futuro. O objetivo é discutir as transformações no setor, o impacto das novas tecnologias e as mudanças de comportamento dos consumidores.

“Os programas sociais nessa área atendem uma demanda que continuará presente no futuro, então é uma oportunidade de entender como nós, do lado da oferta, podemos tratar da questão”, comenta Passos.

No mesmo dia, ainda, a Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade realizará um painel sobre revisão de normas de desempenho. “O assunto também é fundamental para o setor de habitação social. As normas são importante para melhorar o desempenho das empresas e, assim, agregar valor às unidades”, acrescenta o vice-presidente da CBIC.

Para Passos, o Enic é um local propício para discutir possíveis melhorias para o PMCMV, já que o evento contará com a presença tanto de empresários como de representantes do governo. “Em todos os debates do encontro, surgem sugestões e abordagens diferentes que podem ajudar a reduzir burocracia, riscos e custos”, comenta.

Isto é essencial para a evolução do programa, que atualmente atende 85% do déficit habitacional. “O PMCMV tem como grandes beneficiários as pessoas que tem a moradia não como opção de investimento, mas uma necessidade. É a forma em que podem ter acesso a uma casa própria, áreas urbanas de com infraestrutura e qualidade de vida”, enfatiza Passos.

Este é o primeiro Enic desde a instituição da CHIS, formalizada este ano. A comissão surgiu de um projeto da CII com vistas a tratar das relações com a Caixa Econômica Federal e ministérios sobre o PMCMV. “O programa corresponde a dois terços do setor imobiliário do país. A criação da CHIS mostra a relevância do segmento”, ressalta Passos.

O acompanhamento do tema habitação de interesse social faz parte do projeto da CHIS/CBIC intitulado ‘Continuidade e Melhoria dos Programas Habitacionais’, correalizado com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

COMPARTILHE!

Maio/2024

Parceiros e Afiliações

Associados

 
Sinduscon Anápolis
ADEMI-AM
Sinduscon – Vale
Sinduscon-SF
Sinduscon-MS
Sinduscon-ES
Sinduscon-Teresina
Sinduscon-JP
Sinduscon-RIO
Sinduscon-Vale do Itapocu
Ademi – PE
Sinduscon-GO
 

Clique Aqui e conheça nossos parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 

Parceiros

 
Multiplike
Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea