Logo da CBIC

Agência CBIC

28/04/2011

Minha Casa vai destinar mais imóveis para o interior

 

 
28/04/2011 :: Edição 086

Jornal Tribuna do Norte Online/BR – 28/04/2011
minha casa vai destinar mais imóveis para o interior

O governo federal vai criar uma espécie de reserva de mercado para garantir
a construção de imóveis do Minha Casa
Minha Vida
para famílias de baixa renda em municípios com menos de 50
mil habitantes. A decisão foi tomada ontem ao final de uma reunião do líder do
PMDB, deputado Henrique Alves (RN), com o ministro-chefe do Gabinete Civil,
Antônio Palocci. No dia anterior, o líder peemedebista já havia discutido a
proposta com a ministra Miriam Belchior.

O Minha Casa Minha Vida foi criado
no governo Lula para reduzir o imenso déficit habitacional dos brasileiros.
Financiado com verbas do PAC Programa de Aceleração do Crescimento e
administrado pela Caixa Econômica Federal, o programa contempla três faixas de
rendimentos. O primeiro, até três salários mínimo, é destinado a mutuários com
renda familiar até 1.395,00. A segunda faixa vai de 1.396,00 a R$ 4.900,00 e a
terceira acima deste valor.

No Rio Grande do Norte, mais da metade dos estoques dos imóveis para
famílias de baixa renda está concentrada na Grande. A nossa proposta, que
atende a pleitos feito pelos prefeitos, tende a evitar a concentração das moradias em grandes centros urbanos.
Com isso estamos contribuindo para evitar o êxodo populacional das pequenas
para as grandes cidades , disse Henrique.

Pela proposta acertada ontem, 220 mil moradias de um total de 1,2 milhão de imóveis para as famílias de
menor poder aquisitivo serão destinadas às cidades com menos de 50 mil. O
governo não queria assumir esse compromisso. Mas mostramos a importância de
criar uma reserva de mercado para as pequenas cidades. Nossa proposta era de um
estoque maior, mas chegamos aos 220 mil imóveis , explicou Henrique.

Articulações

Ontem, o Henrique Eduardo Alves recebeu, na liderança do partido, o presidente
da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Paulo Skaf
(PSB-SP). O deputado Henrique Alves fez o convite, em nome do PMDB, para que o
empresário ingressasse no partido. Skaf não descarta a troca de legenda. O
vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), já havia se encontrado
com Skaf no começo deste ano e afirmado que o PMDB estava de portas abertas
para recebê-lo.

O empresário Paulo Skaf comanda a FIESP desde 2004 e se filiou ao Partido
Socialista Brasileiro (PSB) em 2009. Skaf foi candidato ao governo de São Paulo
nas últimas eleições e teve 4,56% dos votos válidos.

Pela manhã, Henrique esteve reunido com o vice-presidente Michel Temer e com
o deputado federal Gabriel Chalita (PSB-SP). Chalita reafirmou sua ida para o
PMDB e ficou acertado que a filiação dele será dia 28 de maio em evento
nacional a ser realizado em São Paulo. O deputado é escritor e foi o segundo
deputado federal mais votado do estado de São Paulo, com meio milhão de votos.


 

"banner"   "banner"   "banner"   "banner"  

 

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
AELO
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Sinduscon-PB
ADEMI-AM
Ademi – SE
Sinduscon-MA
ASSECOB
Ademi – RJ
AEERJ – Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro
Sinduscon-Joinville
Ademi – PE
Sicepot-PR
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X