Logo da CBIC

Agência CBIC

31/03/2011

Justiça multa sindicato em R$ 200 mil por dia parado em usina em RO

 

31/03/2011 :: Edição 068

Portal CWB News  |   31/03/2011

justiça multa sindicato em R$ 200 mil por dia em usina em ro

A Justiça do Trabalho de Rondônia determinou, nesta quarta-feira (30), a
aplicação de multas ao Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero) no
valor de R$ 200 mil para cada dia de greve dos operários na usina de Santo
Antônio. Segundo a assessoria de imprensa da Justiça do Trabalho, a medida é
válida a partir de quinta-feira (31). Cerca de 15 mil trabalhadores paralisaram
as atividades no canteiro de obras da hidrelétrica.

Outra determinação da Justiça, definida em audiência realizada na
sexta-feira (25), previa que os trabalhadores voltassem às atividades na
segunda-feira (28). A decisão não foi cumprida.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero),
Raimundo Soares da Costa, explicou ao G1 que a direção do órgão vai fazer
uma reunião na quinta-feira (31) para avaliar a questão. Posteriormente, os
trabalhadores serão convocados para uma assembleia.

Vamos passar a situação para eles e tentar orientar todo mundo a voltar a
trabalhar, para podermos fazer as coisas na legalidade. Vamos conversar com os
trabalhadores para suspender a paralisação , afirmou Costa.

O Consórcio Santo Antônio Civil, responsável pelas obras, informou que a
categoria paralisou as atividades no canteiro da usina no dia 21 de março. A
empresa informou que no dia 24 de março os trabalhadores voltaram parcialmente
a seus postos de trabalho, mas depois decidiram manter a paralisação.

Usina Hidrelétrica de Jirau

As obras na Usina Hidrelétrica de Jirau foram suspensas após atos de
vandalismo que destruíram parte das instalações na semana passada. A confusão
começou no dia 15 de março, quando ônibus foram incendiados por operários. Os
alojamentos e a área de lazer foram depredados. O tumulto teria começado após
uma briga entre dois operários.

A construtora Camargo Corrêa informou que as obras permanecem paradas até
que a Secretaria de Segurança Pública de Rondônia ofereça condições de
segurança para que o trabalho possa ser reiniciado. Os operários que
trabalhavam no local foram enviados para casa.

O Ministério Público pediu à Justiça o embargo das obras. O pedido está
sendo analisado


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon PR – Noroete
Ademi – DF
Sinduscon-RR
Sinduscon-Extremo Oeste
APEOP-PR
Sinduscom-NH
Sinduscon – Lagos
Sinduscon-BNU
Sinduscon-PB
Sinduscom-VT
Sinduscon – Vale
Sinduscon-TAP
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X