Logo da CBIC

Agência CBIC

17/02/2011

Governo lançará plano de formação profissional

 

17/02/2011 :: Edição 040

Jornal do Commercio/BR   |   /17/02/2011

governo lançará plano de formação profissional

GILBERTO COSTA DA AGÊNCIA BRASIL

O governo federal pretende lançar, até abril, a
segunda etapa da Política de Desenvolvimento da Produção (PDP) que, entre
outras metas, deverá contemplar a formação profissional e técnica para setores
estratégicos que tendem a crescer nos próximos anos, como a construção civil e
a área de petróleo e gás.

Desde o governo do presidente Luiz Inácio Lula da
Silva, empresários têm sinalizado para a dificuldade de encontrar engenheiros
para contratação. Um estudo deverá ser conduzido pela Agência Brasileira de
Desenvolvimento Industrial (ABDI), ligada ao Ministério do Desenvolvimento,
Indústria e Comércio Exterior, para identificar outras áreas onde faltam
profissionais. A pesquisa deverá ser apresentada em até 60 dias.

A necessidade de formação de mão-de-obra
especializada levou o ministro da Educação, Fernando Haddad, a se reunir ontem
com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando
Pimentel, para discutir as linhas gerais do que está sendo chamado de plano
nacional de acesso à educação profissional.

"O MDIC pode nos dar subsídios sobre os
cursos técnicos prioritários. Eles têm o mapeamento das demandas do setor
privado, das fronteiras de expansão e do parque produtivo. Isso vai facilitar a
escolha do Ministério da Educação e do Ministério do Trabalho", disse
Haddad ao sair do encontro.

PRONATE. A presidenta Dilma Rousseff já anunciou
em cadeia nacional de rádio e televisão a criação do Programa Nacional de
Acesso à Escola Técnica (Pronate) para oferecer ensino profissionalizante a
estudantes do ensino médio da rede pública no contra-turno escolar. O ensino
poderá ser ofertado pelas escolas técnicas públicas, pelas escolas do Sistema S
(como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Senai) e pela rede
privada.

Além do ensino técnico, o ensino superior também
está entre as preocupações do governo. "A escola técnica é o gargalo
imediato", disse Pimentel, ao assinalar que o governo terá política para
as atuais demandas, mas também terá planejamento a longo prazo, para os
próximos quatro e cinco anos.

Haddad esteve acompanhado pelo secretário de
Educação Superior, Luiz Cláudio Costa, e disse que o MEC conhece as
deficiências na área de formação em engenharia. Segundo o ministro, há muitos
brasileiros dispostos a cursar engenharia, mas a capacidade de absorver alunos
é menor do que a demanda. "Se a gente regionalizar, vai verificar que há
estados que são fronteiras de expansão industrial sem oferta de
engenharias", assinalou Haddad.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) é a
interlocutora do setor empresarial para a elaboração da Política de
Desenvolvimento da Produção. Segundo documento da entidade, há demanda por
novos profissionais nos setores de alimentos (engenheiros de alimentos e
técnicos e químicos de desenvolvimento); construção civil (engenheiros e
trabalhadores da construção civil); confecção do vestuário (trabalhadores da
confecção); metal mecânica (técnicos em mecânica e operadores);
eletroeletrônica (técnicos).

E ainda calçados (técnicos e designers); petróleo
e gás (engenheiros e soldadores); indústria automotiva (técnicos e operadores);
indústria química (químicos e técnicos de desenvolvimento e operadores de
produção); celulose e papel (técnicos e operadores de produção); indústria
têxtil (engenheiros e técnicos); móveis (supervisores de produção e designers);
metalurgia e siderurgia (engenheiros de materiais e de automação); e setor
sucroalcooleiro (engenheiros e técnicos de laboratório).


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-RN
Ademi – PE
Ademi – PR
Sinduscon-Joinville
AELO
Ademi – ES
Sinduscon-Pelotas
Sinduscon-AC
Sinduscon-MA
Sinduscon Anápolis
Sinduscon-RS
Ademi – MA
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X