Logo da CBIC

Agência CBIC

18/09/2014

Governo amplia Minha Casa, Minha Vida em 350 mil unidades

"Cbic"
18/09/2014

Extra Online

Governo amplia Minha Casa, Minha Vida em 350 mil unidades

Por Luciana Otoni

BRASÍLIA (Reuters) – O governo brasileiro anunciou nesta quarta-feira a ampliação do programa habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV) em 350 mil unidades e a prorrogação por quatro anos do regime especial de tributação aplicado a esse segmento habitacional.

O acréscimo vale para o período de janeiro a junho de 2015 e seguirá as mesmas regras da segunda fase do programa, com o objetivo de facilitar a contratação das novas unidades.

"Na verdade é o início da etapa 3 (do MCMV), porém com as condições da etapa 2 (do programa) para que não haja dificuldades das empresas para ter que fazer uma adaptação", disse o ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao anunciar a medida após reunião com representantes da indústria da construção.

A presidente Dilma Rousseff, que disputa um segundo mandato, havia anunciado em julho o lançamento da terceira fase do programa, com 3 milhões de unidades, mas sem dar detalhes.

"Vamos manter a maior parte das regras em vigor para não ter dificuldade de alterações em projetos, para que possamos ganhar tempo e ter continuidade absoluta", explicou o ministro.

O aumento do número de casas contratadas pelo governo era uma reivindicação das construtoras, que apontavam risco de ociosidade e de demissão de trabalhadores em 2015, caso não houvesse garantia de contratação em 2015.

O programa MCMV está em sua segunda fase e, segundo Mantega, já foram contratadas até o momento 2,550 milhões de unidades e até o fim do ano outras 200 mil também serão contratadas. Com o acréscimo, a segunda fase passa a ser de 3,1 milhões de moradias.

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, avaliou positivamente a medida por garantir a continuidade dos projetos das construtoras no início de 2015.

"O que sabemos é que continuam as mesmas regras de contratação. Não teremos descontinuidade", disse Martins durante o anúncio.

Segundo ele, o programa de habitação popular emprega 500 mil trabalhadores. Já toda a cadeia da construção possui cerca 3,5 milhões de pessoas empregadas.

O regime especial de tributação prorrogado por quatro anos reduz de 6 por cento para 1 por cento sobre o valor do imóvel a cobrança unificada de tributos federais.

Esse é o segundo anúncio de medidas que atendem a reivindicações do setor empresarial nesta semana, em um esforço do governo de se aproximar do setor privado e reativar a economia, a menos de um mês das eleições. Na segunda-feira, Mantega anunciou benefícios fiscais para as multinacionais brasileiras e a ampliação do programa Reintegra de estímulo às vendas no exterior.

(Reportagem adicional de Nestor Rabello)

Reuters

 

Publicado também nos jornais: Portal iG; UOL Notícias; O Globo; Agência Brasil; BOL; Diário de Pernambuco; Folha de Pernambuco; CenárioMT; Exame; A Tribuna; Cruzeiro do Sul

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Outubro/2020

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

29Out17:0018:30Quintas da CBIC: Cidadania e desenvolvimento: O futuro dos municípios17:00 - 18:30 Via Zoom

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-AM
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
SECONCI BRASIL
Sinduscon-BA
Sinduscon-JF
Sinduson – GV
APEOP-SP
Sinduscon-Brusque
Sinduscon-CE
Sinduscon-AL
Sinduscon-SP
Sinduscon-PE
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X