Logo da CBIC

CBIC`s Agency

17/05/2018

Fontes de financiamento imobiliário e perenidade do FGTS são pauta de painel da CII no 90º Enic

O panorama atual dos recursos para financiamentos imobiliários foi o assunto que abriu a programação da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) no 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), que contou com o apoio do Senai Nacional. Na tarde desta quinta-feira (17), Claudia Magalhães Eloy apresentou parte do estudo sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), elaborado pela Magalhães & Eloy Consultoria e Planejamento a pedido da CBIC, com a correalização do Senai Nacional.

Foi explicado que o FGTS foi criado com duplo objetivo: garantir o pecúlio do trabalhador celetista e dar funding ao recém-criado Sistema Financeiro de Habitação (SFH). “Ele é extremamente necessário ainda hoje para isso. O crédito habitacional não pode prescindir do FGTS”, declarou Eloy. Atualmente, a carteira de crédito do FGTS está em R$ 300 bilhões (60% dos ativos), tendo crescido, a partir de 2010, com o advento do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV).

A consultora apontou ainda que, desde 2014, “o FGTS continuou apresentando um crescimento na oferta de crédito anual, no entanto, a oferta de crédito para habitação popular estacionou na casa dos R$ 52 bilhões”, destacando que o fundo é a principal fonte para o financiamento para habitação popular por oferecer a menor taxa de juros do mercado, mas mostrou que, hoje, o FGTS atende famílias com renda de até R$ 7 mil – “que não é tão popular assim” – e “toda vez que ampliam essa faixa de renda, estão deslocando o fundo do atendimento popular, sendo que não há substituto para ele”.

As projeções para 2018 são de que a carteira habitacional deve fechar o ano com R$ 314,9 bilhões (61,7% dos ativos), estando os ativos totais em R$ 510,8 bilhões. Dentre os fatores decisivos para a sustentabilidade do fundo estão o controle na restrição dos saques e as receitas obtidas nas carteiras de títulos e valores imobiliários. “O FGTS precisa de defesa”, alertou Eloy.

O presidente da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecipe), Gilberto Abreu, também expôs as formas de financiamento, que compõem um total de funding de R$ 1,2 trilhão. Em relação às Letras Imobiliárias Garantidas (LIGs), considerada “a nova onda de crescimento do mercado” – em função, principalmente, da dupla garantia que oferece (emissor/pool) –, Abreu disse que esse é um dos instrumentos que vai viabilizar uma nova forma de captação e, quando a economia melhorar, possibilitar que o mercado comece a acessar investidores internacionais.

Trazendo ainda uma visão de longo prazo, o presidente do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), Flavio Amary, afirmou que é preciso “criar condições para que se tenha segurança jurídica, cadastro positivo, custo de financiamento baixo para acessar esse crédito, não só para mutuários, mas para a produção imobiliária”. O dirigente lembrou que essas fontes de financiamento nem sempre estarão disponíveis, sendo necessário buscar alternativas. “Esses 10% do PIB [representação do financiamento imobiliário] ainda são poucos quando a gente olha para o potencial do mercado”, ressaltou.

Sobre o momento atual, Celso Petrucci, presidente da CII/CBIC e moderador painel, disse acreditar que “temos um ambiente favorável, pelo menos do ponto de vista dos recursos e das empresas que estão no mercado, para tenhamos esse crescimento muito mais responsável, um ciclo que será muito mais saudável do que o último”.

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

20octallday22allday1° Evento de Construções Sustentáveis da 9ª Fiema Brasil - Feira de Negócios, Tecnologia e Conhecimento em Meio Ambiente(All Day) Bento Gonçalves - RS

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-BNU
Sinduscon-JF
APEOP-PR
ADEMI – BA
Sinduscon-RN
SECOVI-PR
Sicepot-PR
SECOVI- PB
Sinduscon-Porto Velho
Abrainc
ASBRACO
Sinduscon – Grande Florianópolis
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X