Logo da CBIC

Agência CBIC

21/02/2011

Flexibilização de licenciamentos ambientais: governo deve lançar pacote após o Carnaval

O governo federal deve liberar, após o
Carnaval, um pacote de flexibilização dos licenciamentos ambientais.

O objetivo
é acelerar as obras de infraestrutura e a exploração do pré-sal. O pacote
consistirá de uma série de decretos regulando o licenciamento de rodovias,
petróleo, portos, linhas de transmissão de energia elétrica e hidrovias.

Numa
segunda etapa, serão flexibilizadas ferrovias e mineração. Hidrelétricas, por
enquanto, estão de fora do pacote.

O objetivo é aplicar a cada tipo de obra
regras específicas, em vez da regra única existente hoje, e evitar atrasos como
o das linhas de transmissão das hidrelétricas do rio Madeira.

De acordo com a
ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, a ideia não é diminuir
exigências, mas rever quais informações são relevantes para o licenciamento.

O
projeto de facilitar as licenças já vinha sendo articulado desde o final do
governo Lula.

Em 2011 foi publicada uma instrução normativa que facilitava o
licenciamento de termelétricas.

Assinada por Teixeira, ela desfaz em parte
exigências impostas por seu antecessor, Carlos Minc, que exigia que as térmicas
plantassem árvores para compensar 100% de suas emissões de carbono.

Uma das
mudanças em discussão é a isenção de licenciamento para duplicação de rodovias,
por exemplo. Bastará uma autorização do órgão ambiental.

Outra mudança será a
redução do número de licenças necessárias para a exploração de petróleo. Hoje,
cada uma das quatro fases da atividade (sísmica, prospecção, produção e
descomissionamento) demanda três licenças (licença prévia, licença de
instalação e licença de operação), como manda a lei de licenciamento, ou seja,
até 12 licenças ao todo para um poço.

O problema, explica um especialista do
setor, é que o mero ato de fixar uma sonda para testar um poço já é uma
operação de exploração de petróleo, sujeita aos mesmos tipos de impacto e aos
mesmos acidentes que a exploração comercial – portanto, as licenças acabam
sendo redundantes.

No caso de linhas de transmissão, estuda-se a possibilidade
de dispensa de inventários de biodiversidade.

Fonte: Diário do Nordeste.

 

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon PR – Noroete
Sinduscon-CE
Ademi – SE
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
Ademi – PR
ASSECOB
ADIT Brasil
Sinduscon – Grande Florianópolis
ASBRACO
ADEMI – BA
Ademi – DF
Sinduscon-Oeste/PR
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X