Logo da CBIC

Agência CBIC

17/01/2011

Falta mão de obra no setor

17/01/2011 :: Edição 045

Jornal O Povo/CE|   /15/01/2011
Falta mão de obra no setor

O crescimento da construção civil nos últimos anos devido aos investimentos em grandes obras vem na contramão da mão de obra qualificada. Para especialistas, faltam cursos de capacitação e visão de mercado dos profissionais

Em todo o Brasil, a construção civil enfrenta escassez de mão de obra. De pedreiro a engenheiro civil falta toda categoria de profissional com experiência. E para resolver o problema o setor aposta na formação de trabalhadores, inclusive mulheres, e no investimento tecnológico que torna os processos cada vez mais industrializados. Especialistas ouvidos por O POVO avaliam que esse é o futuro do setor.

 O vice-presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, diz que as construtoras têm que investir em tecnologia para acompanhar a demanda e que os entraves dos juros altos de financiamento e da falta de continuidade dos projetos, que dificultavam os investimentos, nesse momento, deixaram de ser impeditivos.

Segundo ele, o empresário agora tem estímulo para investir. Quanto à mão de obra, diz não ter dúvida de que o sexo feminino será o grande fornecedor ao longo dos próximos anos.

Para o diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil, José Ribamar Pereira de Almeida, as empresas não se prepararam para o crescimento.

O vice presidente da CBIC disse que nenhum setor conseguiria se preparar porque em cinco anos o contingente praticamente dobrou. Observa ainda que, ao longo do anos o setor viveu altos e baixos, apesar de vir crescendo desde 2004 – a exceção de 2009 que teve um recuo por causa da crise econômica.

Em 2005, o contingente de trabalhadores na construção civil era de 1,3 milhão de trabalhadores com carteira assinada e em 2010 foram mais de 2,5 milhões. Sobre de que profissionais a construção civil se ressente, José Carlos lembra um construtor que lhe disse ‘falta de servente a diretor’.

Exportação

Na questão da falta de mão de obra as empresas do Ceará enfrentam o agravante da exportação de trabalhadores. Segundo vice-presidente de Relações Trabalhistas do Sindicato da Indústria a Construção Civil no Ceará (Sinduscon-CE), Fernando Pinto, construtoras locais que estão executando projetos em outros estados do Norte e Nordeste estão levando trabalhadores porque o cearense que atua na construção civil tem um perfil de bom profissional e apresenta boa produção. “Eu diria que hoje há um pleno emprego e bom profissional desempregado é coisa rara”, destacou Fernando Pinto.

“Para o mercado ser regularizado, precisamos de no mínimo dois mil pedreiros”, diz o diretor presidente da Interpar/Urban, Manuel Cesário Mendes, ressaltando que só a Interpar precisa de 400 pedreiros. E se acrescentar a carência de carpinteiros, ferreiros, pintores, eletricistas, mestre de obras e engenheiros, o número chega a 450 profissionais.

ENTENDA A NOTÍCIA

Para enfrentar a falta de mão de obra, as empresas têm apelado para capacitar os próprios empregados, promovendo-os de função. De acordo com pesquisa da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), a falta de profissionais em todo o País é o principal desafio do setor.

Artumira Dutra
artumira@opovo.com


 

"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  


Jornal XYZ   |   /10/10/2010

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam congue volutpat scelerisque. Aliquam quis nisi quis mi hendrerit sollicitudin eget at leo. Duis congue arcu dui. Donec lacus sem, scelerisque ac imperdiet ut, ullamcorper eget felis. In hac habitasse platea dictumst. Integer vitae aliquam massa. Suspendisse vitae massa vel odio porta aliquam. Nunc sodales erat ac ligula viverra viverra.


"leia


Jornal XYZ   |   /10/10/2010

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam congue volutpat scelerisque. Aliquam quis nisi quis mi hendrerit sollicitudin eget at leo. Duis congue arcu dui. Donec lacus sem, scelerisque ac imperdiet ut, ullamcorper eget felis. In hac habitasse platea dictumst. Integer vitae aliquam massa. Suspendisse vitae massa vel odio porta aliquam. Nunc sodales erat ac ligula viverra viverra.


"leia


Jornal XYZ   |   /10/10/2010

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam congue volutpat scelerisque. Aliquam quis nisi quis mi hendrerit sollicitudin eget at leo. Duis congue arcu dui. Donec lacus sem, scelerisque ac imperdiet ut, ullamcorper eget felis. In hac habitasse platea dictumst. Integer vitae aliquam massa. Suspendisse vitae massa vel odio porta aliquam. Nunc sodales erat ac ligula viverra viverra.


"leia


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
ADEMI-AM
SINDUSCON – SUL
Sinduscon-PE
ASEOPP
Sinduscon-SM
Sinduscon-RIO
Sinduscon-MG
Sinduscon-AM
AELO
Sinduscon-AP
AEERJ – Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro
Sinduson – GV
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X