Logo da CBIC

Agencia CBIC

25/11/2020

Presidente do Banco Central destaca importância do cooperativismo no pós-pandemia

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, destacou nesta quarta-feira (25) a importância do cooperativismo financeiro durante o período desafiador da pandemia da Covid-19 e para a retomada econômica. “O cooperativismo não deixou a desejar em nenhum momento. Está perto do cliente, entendendo seu modelo de negócio, o que permite ajudar a navegar melhor nos momentos de incerteza”, afirmou.

Segundo dados apresentados por Campos Neto, no último ano, o cooperativismo teve crescimento de 48,5% na carteira de crédito de pessoas jurídicas, quase o dobro do crescimento observado no setor financeiro em geral, de 26,5%. “O cooperativismo no Brasil tem a função de agente de inclusão porque tem capilaridade, promove inclusão financeira e está presente, também, em locais menos urbanizados. A gente entende que ainda tem um campo de atuação enorme para o cooperativismo com potencial para triplicar a carteira”, avalia Roberto Campos Neto.

Os dados foram apresentados durante participação do presidente do BC no 4º Painel Cooperativismo Financeiro realizado pelo Sicoob Engecred, cooperativa financeira singular com cooperados em todo o País.

Cooperativismo na Agenda BC

Roberto Campos Neto também falou sobre os projetos do BC em diferentes segmentos de atuação, destacando a inclusão, competitividade, transparência e educação. Quando o assunto é inclusão, o BC vem trabalhando ações e entregas de apoio ao cooperativismo visando uma organização sistêmica e efetividade de governança, como assembleias virtuais, modernização do conceito de área de admissão, política para área de atuação, além do fomento de atividades e negócio.

Entre as inovações realizadas pelo BC, que também alcançam as cooperativas financeiras, Campos Neto destacou o open banking e o PIX, sistema de pagamentos instantâneos.

Participações

O 4º Painel Cooperativismo Financeiro, mediado pelo jornalista Vicente Nunes, contou também com a participação do diretor-presidente do Centro Cooperativo Sicoob (CCS), Marco Aurélio Almada, e do presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, especialmente convidados para debaterem o tema central ‘Incluir, cooperar e inovar – alternativas para o crescimento em um ambiente de inovação e sustentabilidade na retomada econômica’.   

Na oportunidade, José Carlos Martins destacou a similaridade entre o perfil das empresas e produtos da indústria da construção quando comparado ao perfil do agronegócio e que aponta para boas expectativas com as soluções oferecidas pelo cooperativismo. “O agro se desenvolveu muito fortemente em cima do modelo cooperativo e pensamos que a indústria da construção também pode trabalhar assim. Nosso modelo de crédito é mais detalhado, mais complexo; é preciso ter proximidade com o cliente. Ninguém melhor que o sistema cooperativo para ter esse entendimento”, afirmou.

Diretor-presidente do Centro Cooperativo Sicoob (CCS), Marco Aurélio Almada falou que as cooperativas do Sicoob estão prontas para apoiar o crescimento sustentável do País e a se reinventar para atender as necessidades do empreendedorismo. Segundo afirmou, o cooperativismo sempre se posicionou de forma desafiadora dentro do sistema financeiro nacional, e tem sido capaz de estimular, por meio do seu crescimento, uma melhor precificação de produtos e serviços financeiros. Com o surgimento de outros modelos de negócios, o cooperativismo busca se reinventar diante das novas tecnologias.

“Estamos entendendo como a indústria financeira se ajusta a partir dessas novidades para sermos um agente que participa das mudanças. Já aderimos ao PIX e estamos atentos a outras inovações para que o cooperativismo continue inovando de forma acelerada e em sintonia com as modernizações do sistema financeiro para oferecer produtos e serviços cada vez melhores aos nossos cooperados”, destacou Almada.

Sobre o Painel Cooperativismo Financeiro

O cooperativismo financeiro, incentivado pelo BC, está em constante movimentação para demonstrar para a sociedade como poderá ser parceiro da retomada econômica no Brasil. E foi para levar informação atualizada para o mercado que o Sicoob Engecred promoveu o evento.

O Painel Cooperativismo Financeiro já se caracteriza como uma oportunidade para segmentos organizados e pessoas interessadas na economia compartilhada em todo o Brasil conhecerem o avanço do Cooperativismo de Crédito, com especial potencial em promover a intercooperação com setores produtivos.

Segundo o diretor-presidente do Sicoob Engecred, Fabrício Modesto Cesar, as informações trazidas por Campos Neto demonstram a visão, portanto, do Banco Central, e ressaltam projetos importantes para o mercado como o desenvolvimento da moeda digital. “Como balanço geral, ficamos muito satisfeitos com a visão de futuro apresentada, especialmente no que diz respeito ao uso de novas tecnologias, que proporcionam serviços como o PIX”, concluiu Fabrício.

COMPARTILHE!

Agenda de la construcción

enero/2021

Filtrar eventos

lun

mar

mie

jue

vie

sab

dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No hay eventos

Socios y Entidades Confederadas

Socios

 
Sinduscon-MG
Sinduscon – CO
Sinduscon-Brusque
Sinduscom-SL
Sinduscon-MA
APEOP-PR
Sinduscon PR – Noroete
Sinduscon – Norte
APEOP-SP
Sinduscon-CE
Sinduscon-SF
Ademi – DF
 

Marque aquí y consulte a nuestros socios

Entidades Confederadas

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X