Evento 92° ENIC 2020 - 100% Online | Inscreva-se já!
Logo da CBIC

CBIC`s Agency

08/05/2015

Poupança registra saque recorde de R$ 29 bi no ano

Valor é o maior desde 1995. Em abril, retiradas superaram depósitos em R$ 5,85 bilhões

Com desemprego em alta, orçamento mais apertado por causa da inflação e juros mais caros, as famílias brasileiras sacaram R$ 5,85 bilhões a mais do que depositaram na caderneta de poupança no mês passado. Segundo dados do Banco Central (BC), é o pior resultado para meses de abril e o terceiro pior resultado da série histórica, iniciada em 1995. No ano, as saídas líquidas chegam a nada menos que R$ 29,1 bilhões, também as maiores em 20 anos.

A perda de recursos da poupança é apontada por especialistas como um dos motivos que levou os bancos públicos a restringirem as regras para concessão de financiamento imobiliário. Este ano, a Caixa já subiu os juros do crédito habitacional em duas ocasiões. Além disso, passou a financiar no máximo 50% do valor do imóvel. Na quarta-feira, foi a vez de o Banco do Brasil elevar suas taxas. A caderneta é a fonte de recursos que financia os empréstimos habitacionais.

As expectativas dos analistas eram que 2015 seria ruim para a aplicação mais popular do país, porque as apostas já eram de juros e inflação em alta.

APERTO NO ORÇAMENTO

Com o nível de retomo atual, de 6%, mais TR (Taxa Referencial), a caderneta de poupança não protege o dinheiro do brasileiro contra a inflação, que acumula alta de 8,13% nos últimos 12 meses. Além disso, os juros altos afugentam os investidores porque estimulam os poupadores a migrarem para fundos de investimento – que pagam um retomo maior quando o BC eleva a taxa básica (Selic).

– Quem tem dinheiro saca para ir para aplicações mais rentáveis. Outro motivo é a renda afetada das famílias que resgatam a poupança para arcar com compromissos. Nos meses seguintes, vai ser a mesma coisa – afirmou o vice-presidente da Associação dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel Oliveira.

Atualmente, os brasileiros guardam R$ 648,3 bilhões na aplicação. No fim do ano passado, havia R$ 662,7 bilhões na caderneta de poupança.

A queda na captação da poupança não corresponde exatamente ao valor dos saques líquidos porque os bancos pagam rendimentos que fazem aumentar o saldo. Em abril, as instituições depositaram R$ 3,9 bilhões nessas contas./ O Globo

COMPARTILHE!

Construction Agenda

november/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-PE
Sinduscon Chapecó
SECOVI-PR
Ademi – RJ
Sinduscon-AL
Sinduscon Anápolis
APEOP-PR
AELO
ASEOPP
Sinduscon-Costa de Esmeralda
APEOP-SP
SECONCI BRASIL
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X