Logo da CBIC

CBIC`s Agency

22/11/2019

Conecti: Cooperativas devem oferecer R$ 5 bi em crédito imobiliário

O segundo painel do Congresso Nacional de Engenharia, Construção, Tecnologia e Inovação (Conecti) teve como tema ‘Cooperativa de crédito: uma solução para o futuro’. O evento, que reúne mais de 400 empresários e dirigentes da construção civil, no Fashion Hall em Maringá (PR), nesta sexta-feira (22), reuniu também especialistas da região que mudaram o cenário do acesso ao crédito para empreendedores do setor produtivo, por meio do cooperativismo. Em três anos, as cooperativas de crédito devem oferecer R$ 5 bilhões em crédito imobiliário.

Presidente do Sinduscon PR/Noroeste, Marcos Mauro, media painel sobre ‘Cooperativa de crédito: uma solução para o futuro’ no Conecti CBIC 2019, em Maringá – PR (Foto: Ivan Amorin)

 

Mediado pelo presidente do Sindicato da Construção Civil do Paraná (Sinduscon PR/Noroeste), Marcos Mauro Pena de Araujo Moreira Filho, o painel debateu as vantagens e como criar uma cooperativa de crédito.

A primeira explanação coube ao presidente do Conselho de Administração da Cocamar, Luiz Lourenço, que fez uma breve apresentação da cooperativa agroindustrial, citando as atuais 87 unidades operacionais no norte e noroeste do Paraná, no oeste de São Paulo e Mato Grosso Sul, além de 2,5 mil colaboradores, mais de 15 mil associados, sendo 75% de pequeno porte, e previsão de faturamento de R$ 4,6 bilhões neste ano.

“Para crescer e oferecer rentabilidade para os associados, por meio de bons negócios e divisão de resultados, é fundamental que a cooperativa tenha gestão profissional. Também disponibilizamos apoio para viabilizar a produtividade do produtor, como assessoria comercial e agrônoma, insumos de qualidade, unidades de tecnologia, entre outros”, enfatizou Lourenço.

Em seguida, o presidente da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), José Roberto Ricken, destacou que o Paraná é referência em cooperativismo no Brasil. “Chegamos a 106 mil empregos diretos e, em 2020, esperamos atingir a meta de R$ 100 bilhões em faturamento. Hoje as cooperativas de crédito são as que mais crescem, já as de infraestrutura ainda apresentam deficiências e, nesse aspecto, a construção civil tem muito a contribuir”, enfatizou.

A reflexão teve sequência com o diretor de operações do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Ênio Meinen, que informou que na Europa a cada cinco pessoas uma está inserida em uma cooperativa financeira. “No Brasil o número está aquém disso, mas já somos 15 milhões de usuários de cooperativas e a tendência é aumentar, principalmente em comunidades remotas, já que em 10% dos municípios brasileiros, por exemplo, as cooperativas são as únicas instituições financeiras e ainda oferecem o diferencial de ter compromisso com o desenvolvendo das comunidades”, ressaltou.

Meinen informou que o Banco Central considera as cooperativas como reguladoras de mercado, uma vez que o sistema colaborativo incentiva a competitividade por operar com patamares justos. “Lembrando que as cooperativas financeiras também começaram a atuar com crédito imobiliário e já atuam fortemente com consórcio imobiliário, o que movimenta a construção civil”, completou.

Além disso, Meinen deu uma boa notícia para o setor da construção. ”Em três anos, as cooperativas de crédito devem oferecer R$ 5 bilhões em crédito imobiliário”, disse.

Por fim, o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Sul, Jefferson Nogaroli, que é ex-presidente do Sicoob Central Unicoob, ressaltou que o cooperativismo humaniza as relações financeiras pelo compromisso com o desenvolvimento econômico e social local. “O banco busca rentabilidade para os acionistas, e a cooperativa se empenha pelo menor custo para o associado e agrega valor à distribuição de sobras”, explicou.

Nogaroli frisou ainda que reclamar das dificuldades não resolve, mas sim trabalhar juntos para compartilhar resultados. Diante disso, incentivou a construção civil a se organizar em uma cooperativa. “Se conseguimos estruturar uma cooperativa de crédito com poucos recursos, sem apoio e sem as tecnologias da atualidade, e ainda enfrentando o oligopólio bancário, vocês também conseguem, basta dar o primeiro passo”, comentou.

O Conecti CBIC conta com a promoção e realização do Sinduscon-PR/Noroeste e da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), com o apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

O painel ‘Cooperativa de Crédito: uma solução para o futuro’ têm relação com o projeto ‘Melhorias do Mercado Imobiliário’ correalizado pelo Senai Nacional

Confira a galeria de fotos do painel no perfil da CBIC no Flickr.

COMPARTILHE!

Construction Agenda

january/2021

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
AELO
APEOP-SP
Sinduscon-AM
Sinduscon-Mossoró
ASEOPP
Sinduscon – CO
Ademi – ES
Sinduscon-BNU
Sinduscon-TO
Sinduscon-Teresina
Sindicopes
Sinduscon-MA
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X