Logo da CBIC

CBIC`s Agency

08/08/2011

Classe média entra no foco

"Cbic"
08/08/2011:: Edição  152

 

Jornal Estado de Minas/MG 07/08/2011
 

Classe média entra no foco

Fatia da população com renda entre R$ 1,1 mil e R$ 4,5 mil chega a 52% do total e chama a atenção do governo. Desafio é garantir a melhoria da condição de vida para essas pessoas

 Depois do pacote de medidas anunciado para dar fôlego à indústria, o governo federal volta sua atenção para o consumo das famílias e a grande estrela da vez é a classe média. Foco das atenções do mercado, a classe C ganhou força na última década e já soma 52% da população brasileira, ou 95 milhões de brasileiros. Em Minas são 11,4 milhões com renda entre R$ 1,1 mil e R$ 4,5 mil . Os dados estão no estudo que será divulgado amanhã pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) do governo federal. O objetivo é desenvolver políticas públicas, já presentes nas classes D e E, para garantir melhores condições de vida para quem, além de consumir, se tornou mais exigente nas escolhas.
 Entre 2002 e 2010 os eleitores de nível superior na classe C saltaram para 9 milhões, crescimento de 50%. Em 2014, serão 11 milhões. Se incluídos aqueles com ensino médio, o montante salta para 52 milhões. "A classe C consolidou seu poder de consumo, não só como segmento de mercado. É um eleitorado importante, com maior escolaridade", diz Renato Meirelles, sócio-diretor do Instituto Data Popular e um dos palestrantes no seminário "A média faz a diferença", que a SAE promove amanhã em Brasília. Segundo o especialista, o eleitor da classe média é mais difícil de ser enquadrado. "Ele não quer apenas o Minha casa, minha vida, ou uma dentadura." Para Meirelles, maior tempo livre, acesso a cultura e a escolaridade estão na lista de aspirações da chamada nova classe média brasileira, responsável por 80% dos acessos feitos à internet.
 O governo deve implementar políticas públicas que atendam famílias como a da cozinheira Ana Paula Lopes, que em cinco anos conseguiu triplicar a renda mensal, hoje próxima a R$ 1,9 mil. O montante tem sido suficiente para garantir aos filhos acesso à tecnologia, boa alimentação e conforto. Novos eletrodomésticos e móveis foram comprados e a residência passou por reforma. Mas não foi só isso. Ana concluiu o ensino médio em 2010, os quatro filhos estão na escola e fazem curso extra de teatro. Para o marido, o pedreiro Antônio Ailton, que também finalizou o ensino médio, não falta trabalho na construção civil. A família de Ana e Antônio Ailton está no universo dos 32 milhões de brasileiros que nos últimos sete anos deixaram a classe D para compor a classe C.
 "O crescimento da classe média é resultado do desenvolvimento econômico brasileiro, que criou um importante mercado de consumo", aponta Waldir Quadros, professor do Instituto de Economia da Universidade de Campinas (Unicamp). Ele pondera que, a despeito de uma parcela expressiva da população ter escapado da pobreza e migrado para a classe C, a subida para a chamada classe média média e média alta é lenta. Entre 2003 e 2009, apenas 20% conseguiram migrar dentro da classe C para patamares superiores. Para ele, o país tem como desafio manter o ritmo de crescimento, o que vai garantir emprego e sustentabilidade à classe média.
 DESIGUALDADES
 Marcelo Neri, coordenador do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getulio Vargas (CPS/FGV), também participa do seminário. "Uma certa complacência do poder público em achar que já atingiu uma grande meta pode ameaçar a classe C", avalia ele, que aposta em reforço de políticas com foco na redução das desigualdades. A classe C se destaca pela presença de jovens com maior escolaridade que os pais e disposta a aumentá-la, o que funciona como uma espécie de bônus a seu favor, segundo Meirelles, que aposta na expansão do poder da classe C, no consumo e na política.
 Outra questão que conta a favor da classe média é o perfil feminino. Segundo o Data Popular, a mulher da classe C se mostra mais empreendedora do que nas classes A e B. "Quero abrir meu próprio negócio. Uma lanchonete junto com uma papelaria", diz Ana Paula. "A mulher da classe C prefere ter menos filho, trabalha muito, é empreendedora, ela é fantástica", completa Meirelles.
 A doméstica Dália e o vigilante Warison Rufino são pais de Yasmim, de 16 anos, e Yago, de 11. A família chegou à classe média há cerca de sete anos e considera que a vida melhorou. "Está mais fácil. Temos crédito para comprar e podemos pagar as contas com tranquilidade", comenta Dália. "No ano passado compramos uma televisão de 29 polegadas e computador para os meninos", completa. A família também investiu em uma festa de 15 anos para a filha, organizada em um salão especializado na Região do Barreiro, em Belo Horizonte.
 Emprego é combustível 
 Impulsionada pelo crescimento da formalização do trabalho, a classe C absorveu mais de 32 milhões de brasileiros na última década. A renda dessa população cresceu 40% nos últimos sete anos. Segundo dados do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getulio Vargas (CPS/FGV), entre 2010 e este ano a renda média da população cresceu 3% acima do Produto Interno Bruto (PIB). Para o coordenador do CPS/FGV, Marcelo Neri, a inadimplência, que cresce, não preocupa tanto quanto a alta dos juros.

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

may/2021

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-ES
Sinduscon-AC
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
SECOVI-SP
Sinduscon-SE
Sinduscon-RN
Sinduscon-Porto Velho
Sinduscon – Vale do Piranga
SECONCI BRASIL
Sinduscon-MS
Ademi – PE
ADEMI-AM
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
yabancı film izle Tekne Kiralama betboo karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet vaporesso supertotobet Marsbahis maltcasino redwin vdcasino vdcasino giriş vdcasino sorunsuz giriş vdcasino yeni giriş Venüsbet betpark giriş betgaranti kolaybet diyarbakır escort escort istanbul mersin escort mecidiyeköy escort
X