Logo da CBIC

CBIC`s Agency

20/10/2014

Empresas cearenses têm interesse no 'Minha Casa'

"Cbic"
20/10/2014

Diário do Nordeste

Empresas cearenses têm interesse no 'Minha Casa'

Segundo Sinduscon, 18 associados são responsáveis pela contratação de 28.662 unidades entre a primeira e a segunda fase do MCMV Foto: Fernanda Siebra

 A contratação de empresas de fora do Ceará pela Prefeitura de Fortaleza para a realização dos projetos do Minha Casa, Minha Vida (MCMV) na faixa de zero a três salários mínimos e a consideração do Município de que é pouco o interesse das construtoras locais nas faixas de baixa renda do programa habitacional motivaram o Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Ceará (Sinduscon-CE) a se manifestar contrário a este entendimento e a propor uma nova metodologia de trabalho por parte do poder municipal.

 "O ideal é a Prefeitura fracionar os empreendimentos e todo mundo tem o risco diminuído, inclusive a Prefeitura. São quatro mil unidades? Não tem problema. A gente divide e um faz mil, outro faz mais mil e, assim, entregamos as obras. Queremos que o prefeito venha, sente com a gente e fale a demanda dele", propõe o presidente da entidade, André Montenegro.

 Segundo ele, 18 construtoras associadas ao Sinduscon-CE já assinaram contrato para 28.662 unidades do MCMV de baixa renda entre a primeira e a segunda fase do projeto. "E queremos dizer que nós temos interesse em fazer o MCMV", frisa, acrescentando que chegaram a aceitar obras abandonadas por outras empresas, como as duas mil unidades do conjunto Escultores (Messejana) e outras 2,6 mil do Joselino Silveira I e II (Caucaia).

 Mesmas condições 

 "Nós só queremos as mesmas condições de trabalho oferecidas para as construtoras de fora e os mega-empreendimentos oferecidos para elas", diz. Segundo afirma Montenegro, a Prefeitura chega a fazer uma chamada pública para a construção de unidades do MCMV após adquirir os terrenos, mas só convoca grandes empresas.

 Conforme contou o presidente do Sinduscon-CE, a Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor) chegou a ir à sede da entidade e oferecer um pacote de obras, "mas eram 20 unidades em um local, mais 10 em outro e isso não compensa para nenhuma construtora do País, tanto que as grandes também não pegaram".

 Procurada, a assessoria da Prefeitura disse preferir não se manifestar sobre o assunto.



"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

26oct10:0011:30Webinar - Ciclo de Debates Regionais - Nova Lei Geral do Licenciamento Ambiental – Região Sudeste10:00 - 11:30 Via Zoom

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-JF
APEOP-PR
SECONCI BRASIL
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
FENAPC
Sinduscon-JP
Sinduscon-AC
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscon-RS
Sinduscon – Lagos
Sinduscon-CE
ADEMI – BA
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X