Logo da CBIC

Agência CBIC

17/11/2014

Em ritmo de espera

"Cbic"
17/11/2014

Revista Carta Capital

Em ritmo de espera 

CONSTRUÇÃO PESADA

Indefinição sobre obras promissoras reduz a projeção de crescimento

Stakeholders: 3 setores

A pesar da expectativa e da visibilidade das obras para a Copa, no fim do primeiro semestre de 2014 a Câmara Brasileira da Indústria da Construção refez sua projeção e indica crescimento inferior a 2% no setor, quando era esperado, no início do ano, crescer 3% acima do PIB. Paulo Safady, presidente da entidade, aponta o setor de construção pesada como o maior responsável pelo resultado, principalmente porque a demanda teria sido inferior à esperada. Além da indefinição sobre obras promissoras, como expansões de metrô, ele aponta encolhimento dos investimentos privados,em razão da própria desaceleração econômica.

A Odebrecht é líder deste ranking há cinco anos. A Camargo Corrêa mais do que dobrou sua pontuação este ano, em comparação a 2013, quando ficou em terceiro lugar. Agora, a incorporadora retoma o segundo lugar, ocupado entre 2010 e 2012. Embora tenha perdido apenas 1,5 ponto porcentual em relação a 2013, quando ficou em segundo lugar, a Andrade Gutierrez retorna à terceira colocação, em que estava nos anos anteriores.

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Outubro/2020

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon – Grande Florianópolis
Sinduscon-CE
APEMEC
Sinduscon-SE
Sinduscon-SF
Ademi – RJ
Sinduscon-BNU
Sinduscon-BA
ASSECOB
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscon-DF
Ademi – AL
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X