Logo da CBIC

Agência CBIC

09/11/2010

Em alta, mercado imobiliário busca se afastar de bolha

CBIC Clipping

09/11/2010 :: Edição 004

Jornal Brasil Econômico/BR|  09/11/2010

Em alta, mercado imobiliário busca se afastar de bolha

Especialistas descartam risco, pois emprego e renda estão crescendo e o crédito para o setor ainda é incipiente no país

 Com o aumento da renda e das modalidades de financiamento, os investimentos em imóveis crescem a passos largos. O mercado é visto como um dos mais promissores, já que o déficit habitacional é de 6 milhões a 7 milhões demoradias. Estudo da MB Associados estima um elevado crescimento da demanda imobiliária nos próximos anos, de quase 1,5 milhão de imóveis para a classe média e 180 mil para consumidores com renda superior a 10 salários mínimos. O levantamento mostra ainda uma elevação de 40% nos preços neste ano, enquanto a massa real de renda deve subir em torno de 6,5%.

 No entanto, especialistas ouvidos pelo BRASIL ECONÔMICO descartam a formação de uma "bolha", pois o crédito imobiliário ainda é incipiente na comparação com outros países, em torno de 4% do Produto Interno Bruto (PIB). No Chile, por exemplo, é de 60% do PIB. Além disso, o grau de alavancagem das famílias brasileiras, ou seja, a parcela do salário destinada a esse fim, ainda é muito baixo.

 "Não parece haver subsídios para acreditar que exista bolha imobiliária nesse momento. Não significa que o avanço do mercado não possa levar a essa situação, mas no presente momento o mercado é muito incipiente para este tipo de especulação", afirma o estudo.

 Para Antonio Bezerra, analista sênior da Lopes Filho Associados, o Brasil está em um momento anterior à bolha, mas pondera que estados como São Paulo e Rio de Janeiro já têm níveis de elevação no preço acima da renda. "É bem complicado, mas [o setor] tem bastante espaço para crescer", explica.

 Luiz Paulo Pompeia, diretor da Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp), lembra que, se todo mundo resolver vender de uma vez o imóvel, não haveria demanda.  "Mas onde há grande demanda e o investidor conseguir diagnosticar vai vender como pãozinho quente", compara.

 Segundo Pompéia, uma das grandes incógnitas diz respeito à capacidade de quantificar o porcentual de imóveis adquiridos como investimento. "A participação desse público é significativa, algo em torno de 30%, mas é difícil de mensurar", diz.

 Investimento Revender o imóvel, alugá-lo ou aplicar em um fundo imobiliário são algumas das formas de se ganhar dinheiro com esse mercado.

 No entanto, nas três modalidades, há vantagens e desvantagens que devem ser levadas em consideração antes da assinatura do contrato.
 Miguel de Oliveira, conselheiro da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), diz que o imóvel tem custo e tempo de maturação, mas a rentabilidade pode superar a poupança e a renda fixa.

 Simulação feita pelo especialista mostra que, de um ano para cá, os preços dos imóveis subiram 30%, enquanto a renda fixa rendeu algo em torno de 90%da Selic. Ou seja, 9,5% ao ano. "É um bom mercado desde que se saiba escolher o empreendimento." O professor de Finanças da FEA/USP, Luiz Jurandir Simões, lembra que a liquidez dos imóveis é diferente da de outras aplicações. "Não há como entrar e sair rápido", diz.

 Cuidados Simões alerta que todo cuidado é pouco na hora de investir em imóveis. Segundo o professor, o ideal é colocar tudo na conta.
 O imóvel demora para ficar pronto, pode ficar um tempo vazio e o dono tem eventualmente de fazer reformas. "Todo investimento tem risco e a forma de mensurá-los é pensar neles antes de investir."
 —————————–
 "Enquanto os imóveis renderam 30% de um ano para cá, as aplicações de renda fixa subiram cerca de 9,5%"

"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscon-RR
Sinduscon PR – Noroete
SINDUSCON – SUL
Sicepot-RS
Sinduscon-PE
Sinduscon – CO
Sinduscon-Caxias
Sinduscon-MT
Sinduscon-AC
Sinduscon – Norte
Sinduscon-TO
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X