Logo da CBIC

Agência CBIC

09/04/2012

Edifícios sustentáveis, por Giovani Toledo

"Cbic"
09/04/2012 :: Edição 293

 

Diário Catarinense/SC 06/04/2012
 

Edifícios sustentáveis, por Giovani Toledo

Espalham-se pelo país e pelo mundo iniciativas em favor do meio ambiente e da preservação dos recursos naturais. É estimulante saber que cresce a cada dia a opção pelo desenvolvimento de projetos e edificações sustentáveis, com a preocupação de reduzir e otimizar o consumo de energia e água, o gerenciamento de resíduos, reciclagem de materiais e reuso destes materiais e de água tratada.
 Segundo dados do Green Building Council Brasil   uma organização não governamental que visa a fomentar a indústria de construção sustentável  , somente em 2011 o número de empreendimentos que buscaram o selo Leadership in Energy and Environmental Design (Leed), elevou-se em 143% e 16 edifícios foram certificados. O selo corresponde a uma certificação que atesta a sustentabilidade do empreendimento. Ao todo, até o mês de janeiro, 41 edificações já tinham recebido a certificação.
 Este total coloca o Brasil como o quarto país no ranking mundial de construções sustentáveis, atrás somente dos Estados Unidos, China e Emirados Árabes. A estimativa é que, em 2012, cerca de 650 projetos solicitem a certificação que, se conquistada, pode significar redução do consumo de energia em 30% e de água em 50%.
 O mesmo ocorre com a adoção de sistemas com a possibilidade de reuso de água tratada. Embora sejam produtos reconhecidos e que apresentam vantagens ambientais e econômicas, ainda possuem um nível de comercialização abaixo das necessidades nacionais. Essas soluções são totalmente indicadas para as novas edificações e vêm ao encontro das necessidades dos projetos sustentáveis, além de serem adaptáveis a qualquer tipo de empreendimento.
 A água é o recurso natural mais importante para toda a humanidade. Dela depende a sobrevivência do planeta e todos os esforços para preservá-la são válidos. Os chamados edifícios verdes já são uma realidade no país, embora os empreendimentos voltados às atividades comerciais e empresariais ainda sejam os de maior número. Acredita-se, porém, que logo este conceito será estendido para todos os âmbitos, a exemplo do que ocorre em alguns projetos de moradias populares, mais uma prova de que a utilização de soluções e produtos sustentáveis é viável.

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
ASEOPP
Sinduscon-AM
Sinduscon-SP
Sinduscon-PE
Ademi – SE
Sinduscom-SL
Sinduscon-RR
Sinduscon – Vale do Piranga
Sinduscon-Teresina
Sicepot-RS
Sinduscon-BC
Ademi – ES
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X