Logo da CBIC

Agência CBIC

06/01/2011

Economia favorável

06/01/2011 :: Edição 038

Jornal Estado de Minas/MG|  06/01/2011
Economia favorável

Celina Aquino

 O mercado imobiliário este mês também é impulsionado pela economia. No fim de ano, o trabalhador geralmente recebe aquele dinheiro extra e alguns aproveitam a oportunidade para investir na casa própria. "O 13º salário costuma ser usado para dar uma entrada maior em um imóvel. Isso faz o mercado se aquecer", analisa o presidente da Rede Imvista e sócio da Exclusiva Imóveis, Eduardo Novais. Nas três lojas que ele administra, janeiro é o mês em que mais se fecha contrato de venda. O aumento chega a ser de 15% em relação aos outros meses.

 "Janeiro é o mês definitivo para realizar sonhos." Na opinião da empresária Mirian Dayrell, o início do ano é a época em que as pessoas se preparam para concretizar projetos que foram pensados no ano que passou. É comum ela atender famílias que pouparam dinheiro nos meses anteriores e esperaram a gratificação cair na conta bancária para comprar aquela casa que já fazia parte dos planos. "O cliente opta por fazer negócio em janeiro, para fechar o balanço de gastos e rendimentos, como aplicações e acerto de empresa, em dezembro. Então, temos um aumento de vendas em função do planejamento que ocorreu durante o ano anterior", frisa.

 A bancária Neire Márcia Nere dos Santos conseguiu comprar a casa dos sonhos graças à renda extra já esperada no fim de ano. Ela e o marido sempre quiseram morar no Bairro da Serra, Região Centro-Sul de BH, mas viviam adiando os planos. Assim que o casal visitou um apartamento vago, não pensou duas vezes: juntou as economias e fechou o negócio na mesma hora. "Você planeja, economiza para esse objetivo, mas o dinheiro extra dá um empurrãozinho", afirma a bancária.

 Com o valor que recebeu pela venda do apartamento onde morava, no Bairro Carlos Prates, Região Noroeste da capital, somado ao 13º salário e à participação nos lucros do banco, Neire pôde dar uma entrada maior para comprar o imóvel que tanto queria. O que não deu para ser pago à vista foi financiado.

 "Acredito muito no mercado em janeiro. A concorrência afrouxa, mas a gente não tira o pé do acelerador", diz o proprietário da Exclusiva Imóveis. Para conseguir atender a demanda que surge nesta época do ano, Novais adota, há anos, a seguinte estratégia: no início de dezembro, os corretores das três lojas saem às ruas para captar o maior número possível de imóveis. "Como o mercado em dezembro é menos movimentado, aumentamos o estoque para ter mais opções para oferecer aos clientes." A ideia é começar o ano com grande quantidade de oferta para todo tipo de freguês.

 Mirian Dayrell nunca tira férias em janeiro. Pelo contrário, é o mês em que ela concentra os esforços para dar conta do intenso movimento. A empresária aposta tanto nos clientes do início de ano que, na contramão da lógica de muitas imobiliárias, não tem medo de injetar, nesta época, ainda mais dinheiro nos negócios. "Em pleno dezembro, lancei uma campanha de locação. Se janeiro fosse um mês fraco, não teria coragem de fazer o investimento que fiz em propaganda", conta. A expectativa é de que, como nos outros anos, todos os imóveis ofertados pela empresa sejam vendidos ou alugados.

"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

 
 
"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sicepot-RS
SECOVI- PB
Ademi – RJ
Ademi – PR
Sinduscon-Mossoró
Sinduscon-PE
Sinduscon-Oeste/PR
Sinduscon-JF
Sinduscon-RS
Ademi – GO
Sinduscon – CO
Ascomig
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X