Logo da CBIC

Agência CBIC

11/12/2018

É hoje a entrega do Prêmio CBIC; Confira os finalistas em TIC

Os vencedores da 22º edição do Prêmio CBIC de Inovação e Sustentabilidade serão anunciados nesta terça (11), em solenidade no Clube Naval de Brasília, a partir das 20h. Estão confirmadas as presenças do presidente da República, Michel Temer, e do ministro extraordinário coordenador da transição e futuro ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Onyx Lorenzoni. “Inovação e tecnologia são cada vez mais importantes para o fortalecimento do nosso setor. Esse Prêmio, que já faz parte da tradição da CBIC, é uma mostra do nosso compromisso com o futuro. Esse é o espírito desse Prêmio, sempre renovado”, diz José Carlos Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). A cobertura completa será publicada no CBIC Mais dessa sexta-feira.

Organizado pela Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (COMAT) da CBIC, em correalização com o SENAI Nacional e patrocínio da Caixa Econômica Federal, o prêmio é entregue a cada dois anos e visa reconhecer soluções inovadoras que fomentem a modernização da indústria da construção.

Participam representantes de empresas, pesquisadores, professores, profissionais autônomos e estudantes de todo o País.

São cinco categorias:
•          Materiais e componentes
•          Sistemas construtivos
•          Pesquisa acadêmica
•          Gestão da produção e P&D
•          Tecnologia da Inovação e Comunicação (TIC)

Além do troféu, o vencedor é premiado com missão técnica internacional para aprofundar seus conhecimentos.

Finalistas em TIC
Na semana passada, o CBIC Hoje iniciou uma série de matérias com informações sobre os três concorrentes que chegaram à final em cada uma das cinco categorias. Nesta edição você conhece detalhes sobre os finalistas em Tecnologia da Inovação e Comunicação (TIC), seguindo a ordem alfabética:

Automatização do fluxo no BIM

A Universidade de Brasília (UnB) desenvolveu o projeto ‘Automatização do fluxo de informações dentro do processo BIM: Avaliação térmica, acústica e o custo das decisões’, cuja proposta consiste numa estrutura integrada ao processo projetual em BIM (Building Information Model ou Modelagem da Informação da Construção) para auxiliar os projetistas nas suas tomadas de decisão nas etapas iniciais do projeto, gerenciando o fluxo de informação contida nos modelos 3D. O projeto também pretende simular o desempenho térmico/acústico e a avaliação do custo das vedações verticais, atendendo os requisitos do NBR 15.575.

A ferramenta desenvolvida buscou exemplificar a integração entre diferentes softwares e métodos avaliativos a fim de unificar diferentes áreas dentro do processo de projeto baseado no desempenho em tempo real. A estruturação lógica foi baseada nos métodos previstos na normativa de desempenho brasileira como parâmetro de comparação dos índices de saída do projeto, fornecendo um feedback do desempenho ambiental e dos custos nas etapas iniciais.

Segundo a instituição de ensino superior do Distrito Federal, a estrutura criou possibilidades de alterações com baixo impacto no processo projetual, já que a análise pode ser feita ainda no início do projeto. Ela calcularia as decisões projetuais por meio das informações inseridas pelos projetistas e devolveria valores de previsão de desempenhos e custos, cabendo, aos projetistas, decidir qual a melhor solução criada, podendo ser utilizado para analisar múltiplas soluções ao mesmo tempo. O projeto também propõe avaliar o impacto que o custo pode gerar nas decisões projetuais.

Ciclo BIM na construtora

A Sinco Engenharia, de São Paulo (SP) criou o ‘Ciclo BIM na Construtora’, um processo de gestão de informação da construção que é o ponto de partida para tudo o que está envolvido em um projeto, da concorrência até a entrega da obra. Os objetivos são melhorar a eficiência na gestão, aumentar a produtividade, reduzir custos e respeitar os prazos de entrega e a sustentabilidade ambiental e econômica, tudo com o propósito final de satisfazer o cliente.

O projeto é dividido em oito fases: concorrência, planejamento estratégico, análise de interferências, logística e equipamentos, quantitativos, acompanhamento 4D, modelagem das instalações e BIM na obra.

Entre os resultados qualitativos do ‘Ciclo BIM na Construtora’, a empresa cita aumento da competitividade e eficiência da construtora; cumprimento de prazo e orçamento; clientes satisfeitos; planejamento estratégico com parâmetros pré-definidos de prazo e qualidade; relação com o entorno de um canteiro minimizado; logística e equipamentos locados com menor custo e in time; previsibilidade; racionalização de custos; transparência com o cliente; comunicação clara e precisa; ausência de subjetividade; e sustentabilidade dos projetos, com menos geração de resíduos.

Exemplo de sucesso é um prédio residencial com 27 pavimentos, quatro apartamentos por andar e 272 vagas de garagem. Segundo a empresa, o Ciclo diminuiu o prazo da obra em dois meses após simulações e otimizações e reduziu o custo total das obras entre 3% a 5%.

Promoção de ambiente e comportamento seguros

O Serviço Social da Indústria (SESI), por meio do Centro de Inovação SESI em Tecnologias para Saúde (CIS), de Florianópolis (SC), desenvolveu a ‘ Plataforma Tecnológica para Promoção de Ambiente de Trabalho e Comportamentos Seguros na Indústria da Construção Civil’. O objetivo é facilitar, de forma efetiva e integrada, o cumprimento das legislações vigentes de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) e a promoção do comportamento seguro nos canteiros de obra, favorecendo a redução de acidentes e de custos com ações reclamatórias trabalhistas e melhorando continuamente o desempenho de SSO das organizações.

As funcionalidades da ferramenta, denominada de Seif, possibilitam processos efetivos para identificação de perigos, controle de risco de SST, avaliação contínua do desempenho e monitoramento do sistema de gestão de SST para melhorar seu desempenho, e, além disso, conferem a gestão da segurança um caráter participativo, uma vez que há mecanismos para envolvimento de todos os trabalhadores.

O projeto Seif foi concebido em seis grandes etapas, definidas como Tendências, Análise de concorrência, Prospecção de mercado, Requisitos do produto, Escalabilidade e Piloto.

Segundo o SESI, o projeto tem impacto direto sobre os trabalhadores do processo de produção e suas condições de trabalho, saúde, segurança e qualidade de vida e redução do número de pessoas com incapacidade para o trabalho. A adoção do Seif, para a entidade, reflete no fomento de uma cultura de prevenção, combinada na promoção de boas práticas organizacionais de SST, criando uma cultura de segurança que só estará satisfeita com a melhoria contínua de SST. O ciclo de melhoria contínua é alcançado com o enlace sistemático e periódico do planejamento, da implementação, do controle e da ação corretiva.

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-AC
Sinduscon Anápolis
Sinduscom-SL
Sinduscom-VT
Sinduscon-BNU
Sinduscon-RO
Sicepot-RS
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Sinduscon-Porto Velho
Sinduscon – Lagos
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscon-Teresina
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X