Logo da CBIC

Agência CBIC

31/08/2011

Dilma vê espaço para queda do juro no país

"Cbic"
31/08/2011 :: Edição 169

 

Correio do Povo – RS/RS 31/08/2011
 

Dilma vê espaço para queda do juro no país

A presidente Dilma Rousseff afirmou, ontem, na viagem ao Nordeste, que "começa a ver" a possibilidade de redução dos juros no Brasil. Questionada por jornalistas sobre a elevação em R$ 10 bilhões da meta de superávit fiscal – dinheiro economizado pelo governo para pagar os juros da dívida -, Dilma afirmou que manterá todos os investimentos, como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o Minha Casa, Minha Vida, as obras para a Copa do Mundo e os programas sociais. "Esses R$ 10 bilhões decorrem do esforço que nós fizemos, tanto no que se refere ao gasto de custeio como ao gasto de receita", explicou.
 "Nós preferimos utilizá-lo para abrir um novo caminho, além de aumentar o investimento. Começamos a ver a possibilidade de redução dos juros. "Hoje, o Brasil pratica as mais altas taxas", disse Dilma às rádios de Caruaru, agreste pernambucano.
 "Já começamos com o Supersimples, em que reduzimos os impostos e aumentamos o limite das rendas. Isso vai permitir que as pessoas, ao invés de declarar pelo presumido, optem pelo Supersimples, que reúne todos os impostos e os torna menores."
 A presidente também defendeu cuidados com o mercado interno. "A melhor defesa contra a crise internacional é o nosso mercado interno. É ele que permite ao país manter seus empregos e sua economia crescendo. Mas precisamos melhorar as condições e diminuir os impostos."
 Dilma alertou sobre importações indesejadas. "Nosso mercado interno é um dos mais vigorosos. É importante protegê-lo e garantir que não usem mecanismos desleais de preços para chegar ao país e destruir toda uma linha de produção", afirmou, alertando sobre o problema do consumo em baixa nos países ricos.
 "Os países desenvolvidos prejudicam o Brasil porque não têm onde colocar seus produtos, não têm consumidores e empregos suficientes. Quando isso acontece nos Estados Unidos, na União Europeia e no Japão, somos invadidos por uma quantidade imensa de produtos baratos. Temos que defender nossa indústria", salientou ela, apontando como saída a redução dos impostos e a melhoria do crédito e das taxas de juros.

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Outubro/2020

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

30Out10:0012:30Roadshow: formação de preços e relações contratuais10:00 - 12:30 Mato Grosso do Sul - Online

30Out16:0017:30Webinar Coleta e Apuração do Índice Nacional de Custo da Construção - INCC/FGVV16:00 - 17:30 Via Zoom

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-RN
ASEOPP
ADEMI-AM
Sinduscon-BA
Sinduscon-BC
Sinduscon-SF
Sinduscom-SL
ASSECOB
Sinduscon-Norte/PR
Ademi – PE
Sinduson – GV
APEOP-SP
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X