Logo da CBIC

Agência CBIC

26/11/2020

Digitalizar a construção civil exige modernizar o curso de engenharia, conclui  debate no ENIC

Modernizar o currículo dos cursos de engenharia e arquitetura no Brasil e tornar efetiva a integração entre empresa e universidade são dois fatores fundamentais para ampliar a digitalização na construção civil, reduzindo custos e prazos de edificação e contribuindo na preservação do meio-ambiente.

A conclusão é do presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, e dos arquitetos e urbanistas Rogério Suzuki e Ricardo Codinhoto no painel virtual Pós-BIM (Bulding Information Modeling), realizado nesta quinta-feira (26). O painel fez parte da programação especial que antecede o 92º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), a ser realizado online em 2 e 3 de dezembro.

Embora não se discuta mais no país a necessidade de se ampliar a utilização do BIM na construção civil, como sublinhou Rogério Suzuki, sua implementação é ainda baixa nos diversos segmentos do setor. Um dos maiores problemas na disseminação do BIM no Brasil, concordaram Martins e Suzuki, é a escassez de mão de obra especializada para operar o software, que, entre outros benefícios, agrega virtualmente todos os detalhes do processo de construção, detalhando tipos e quantidades de insumos.

Professor na Inglaterra, Ricardo Codinhoto fez um relato do processo de digitalização inglês, em fase bastante adiantada na construção civil. Entre os exemplos que citou estão o controle das enchentes do rio Tâmisa por meio digital, o uso de uma vestimenta robótica que permite ao trabalhador carregar material pesado e a introdução de um micro sensor no concreto, com Bluetooth, que mede a temperatura e a qualidade do material.

Ao defender, como Suzuki e o presidente da CBIC, a necessidade de maior integração entre empresas e universidades, Codinhoto sugeriu que se adotasse no Brasil, como se faz na Inglaterra, como um dos indicadores do desempenho das universidades, a empregabilidade dos formados até três meses depois da graduação.

Segundo José Carlos Martins, há dificuldades no relacionamento entre as empresas e as universidades que precisam ser superadas. “Nosso atraso pode ser uma grande oportunidade para se disseminar a digitalização. Existe um outro mundo rodando por aí”, declarou ele.

Lembrou que, entre abril e junho, em plena pandemia da Covid-19, quando foram fechados os plantões presenciais de venda em São Paulo, ocorreram mais de 60% das vendas de imóveis acumuladas na capital paulista este ano, via online.  “Está crescendo um debate nacional voltado para a necessidade de se melhorar a competitividade no Brasil”, pontuou o presidente da CBIC.

O 92º ENIC, o mais importante fórum de debates dos temas estratégicos e da agenda nacional da construção, é uma realização da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e conta com a correalização da Asbraco-DF, Sinduscon-DF e Ademi-DF. O evento conta com apoio do Sesi Nacional e do Senai Nacional e com patrocínio platinum da Arcelormittal Brasil e silver do Sebrae.

A programação completa do ENIC, que nesta edição acontece 100% online, pode ser acessada no site do evento. Garanta sua vaga e participe!

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscom-NH
Sinduscon-PA
Sinduscon-JP
Sinduscon-Joinville
Sinduscon-Porto Velho
Sinduscon-AC
ASBRACO
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscon-Mossoró
Sinduscon-CE
Sinduscon Chapecó
Sinduscon-RR
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X