Logo da CBIC

AGÊNCIA CBIC

30/09/2021

Desemprego no País continua elevado, mas mercado de trabalho mostra reação

A construção civil se destacou e contabilizou crescimento de 10,3% em sua população ocupada no trimestre móvel de maio a julho de 2021 em relação ao trimestre de fevereiro a abril de 2021. Foram mais 616 mil pessoas no período. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua), divulgada nesta quinta-feira (30/09) pelo IBGE.

O número de ocupados no setor, no País, passou de 5,991 milhões para 6,607 milhões. Importante destacar que os dados da PNAD Contínua envolvem o mercado de trabalho formal e informal.

No segmento formal, o Caged já demonstra, desde o mês de janeiro, uma melhora nos resultados do setor, que tem registrado sucessivos saldos positivos.

Segundo a economista do Banco de Dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Ieda Vasconcelos, a Construção de Edifícios e os Serviços Especializados para a Construção contribuíram especialmente para esse resultado.

Em relação ao trimestre de maio a julho de 2020, a Construção Civil contabilizou um acréscimo de 1,271 milhão de ocupações, o melhor resultado dentre os segmentos pesquisados pelo IBGE.

Houve um crescimento de 23,8% no número de ocupados no setor, que passou de 5,336 milhões no trimestre móvel de maio a julho de 2020 para 6,607 milhões em igual período de 2021.

Veja mais sobre o resultado da PNAD Contínua.

 

A ação integra o projeto “Banco de Dados da Construção – BDC”, realizado pela CBIC em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

COMPARTILHE!

Junho/2024

Parceiros e Afiliações

Associados

 
Sinduscon – Grande Florianópolis
Sinduscon-Vale do Itapocu
ANEOR
SECONCI BRASIL
Sinduscon-PE
Sinduscon-GO
Sinduscon-Pelotas
Sinduscon-CE
Ascomig
Sinduscon-RO
Sinduscon – Lagos
AELO
 

Clique Aqui e conheça nossos parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 

Parceiros

 
Multiplike
Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea