Logo da CBIC

Agência CBIC

22/02/2011

Crédito imobiliário impulsiona lucros

22/02/2011 :: Edição 043

Jornal Diário do Comércio/BR  |   22/02/2011

crédito imobiliário impulsiona lucros

Uberlândia,
MG – terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Instituições
financeiras ganham tanto no financiamento de construtoras quanto de
consumidores finais.

PEDRO
GROSSI.

ALISSON
J. SILVA

Déficit
habitacional sustenta crescimento do mercado
imobiliário no país

O
sistema bancário brasileiro atravessa um ciclo de resultados históricos e de
índices recordes de crescimento e lucratividade. Parte dos resultados pode ser
atribuído ao crescimento da carteira de crédito
imobiliário, que oferece baixo risco de inadimplência e contratos de
longo prazo.

"Além
disso, os bancos trabalharam em duas frentes: financiam tanto as construtoras,
para atender ao aumento da demanda, quanto o cliente final, que quer adquirir a
casa própria", explicou o ex-economista-chefe da Federação Brasileira de
Bancos (Febraban) e doutor em Economia pela Universidade de São Paulo (USP),
Roberto Luiz Troster.

Segundo
Troster, ainda há um déficit habitacional grande e existe muito potencial de
crescimento para esse mercado. "Ninguém consegue fugir com um terreno ou
um imóvel, por isso as taxas de inadimplência são baixas e os bancos podem
emprestar dinheiro a juros mais baixos e com contratos de longuíssimo prazo, o
que traz fidelidade dos clientes".

Outro
fator que beneficia a atuação dos bancos é a Lei 9.514/97, que instituiu a
alienação de imóveis, permitindo às instituições usar os bens financiados como
garantias de pagamento. Atualmente, essa modalidade de crédito é amplamente
dominada pela Caixa Econômica Federal, que detém 57% do mercado. Mas, nos
balanços divulgados pelos principais bancos privados do país, o serviço tem
registrado altas consideráveis e foi apontado pelas instituições como
prioridade para 2011.

Segundo
dados do Banco Central, em 2010 foram concedidos mais de R$ 138 bilhões em créditos
imobiliários, índice 51% superior ao verificado em 2009. As altas foram
motivadas pelos incentivos do governo federal ao crédito e por programas de fomento à habitação, como o "Minha casa, minha vida".

Recorde – O Banco do
Brasil, que registrou em 2010 lucro recorde de R$ 11,7 bilhões, verificou um
aumento de 105% nesse tipo de transação na comparação de janeiro com o mesmo
período de 2009. A carteira imobiliária do banco é de R$ 3,5 bilhões, sendo que
R$ 3 bilhões foram destinados a financiamentos para pessoa física e R$ 500
milhões para pessoas jurídicas.

Em
comunicado para a imprensa, o vice-presidente de Novos Negócios de Varejo do
Banco do Brasil, Paulo Rogério Cafarelli, disse que a meta do banco é estar
entre os maiores financiadores da casa própria até o final de 2013.
"Atuamos nesse mercado há pouco mais de dois anos. Nossa operação saiu
praticamente do zero e hoje já ocupamos a quinta posição no ranking
entre os bancos que atuam com crédito
imobiliário".

O
executivo também listou algumas ações estratégicas do banco para crescer nesse
mercado. "Passamos a participar dos principais salões imobiliários
realizados em todo o país. Oferecemos condições especiais para os participantes
dos salões, com a formalização de convênios com as imobiliárias e taxas
competitivas para negócios originados nesses ambientes".

No
Bradesco, as projeções feitas no início do ano passado eram de uma liberação de
R$ 6,5 bilhões, mas o balanço de 2010 registrou a movimentação de R$ 9,128
bilhões – resultado 93,92% superior ao alcançado no exercício anterior. Para
este ano, a projeção é de crescimento de 10%.

Segundo
dados do Santander, em doze meses, a carteira de crédito imobiliário para pessoas físicas cresceu 28,2%. No último
trimestre, a expansão foi de 9,5%. Para pessoas jurídicas, a alta registrada no
último ano foi 39,7%.

Na
avaliação de Troster, ainda existe grande potencial de crescimento para o
mercado e não há risco do aquecimento do setor provocar uma bolha, a exemplo do
que aconteceu nos Estados Unidos em 2008. "As instituições financeiras
estão sólidas e até o momento não foi possível perceber nenhum excesso de
crédito indiscriminado", justificou.


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
ADEMI-AM
Sinduscon – Norte
FENAPC
APEOP-PR
Sinduscon Anápolis
Sinduscon-RN
Sinduscon-MT
Sinduscon-MG
Sinduscon-SP
Sinduscon-Vale do Itapocu
Sinduscon – Vale do Piranga
Ademi – MA
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X